Senador-Jean-Paul-Prates

Demandas apresentadas por movimentos sociais e CNBB ao Consórcio Nordeste convergem com ações do Governo do RN

Movimentos sociais entregaram, nesta sexta-feira (21), carta ao Consórcio Nordeste junto à Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Sociotransformadora, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), representada pelo presidente Dom José Valdeci. 

O documento apresenta propostas conjuntas para o enfrentamento da pandemia e seus efeitos, em especial para a população mais pobre.
A carta traz ações de combate à fome, fortalecimento da agricultura familiar e camponesa, estímulo à produção de alimentos, defesa da vacinação em toda a população, retorno às aulas presenciais somente com segurança e combate às violências. O Consórcio vai criar câmaras junto com representações dos movimentos.

Alguns pontos são convergentes com os planos de ação apresentados pelas Câmaras Temáticas da Assistência Social e da Agricultura Familiar, lideradas pela governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, e também com ações do Governo, como é o caso da aquisição e distribuição de cestas básicas, distribuição de sementes crioulas e garantia de assistência técnica a agricultores familiares.
“O Pacto Social do Nordeste, documento que estamos elaborando, contempla importantes medidas que visam mitigar os impactos da pandemia na população, que vão desde segurança de renda temporária à segurança alimentar. Estamos tratando dessa pauta levando em consideração a necessidade imperiosa de termos programas voltados para o agora”, disse a governadora, que participou do encontro com Iris Oliveira, secretária estadual do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas) e com Socorro Batista, secretária adjunta do Gabinete Civil.

A governadora do Rio Grande do Norte ressaltou a importância da iniciativa da CNBB em dialogar com os movimentos e buscar o poder público e enalteceu a organização dos governadores da região, coordenados pelo governador do Piauí, Wellington Dias.

“A instância Consórcio do Nordeste foi uma das agendas mais importantes pra nos fortalecer, facilitando discussões amiúde de nossos problemas, porque muitos deles são comuns entre nós”, disse Fátima Bezerra, que foi citada pelo governador piauiense pela luta para vacinar todos os profissionais da educação.
A secretária de Estado das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos (Semjidh), Eveline Guerra, também participou da reunião de forma remota.

Entre os gestores dos estados também estavam na discussão o governador do Maranhão, Flávio Dino, a vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos, e a vice-governadora de Sergipe, Eliane Aquino. A conversa foi mediada pelo coordenador da Comissão Pastoral da Terra, Plácido Júnior, e contou com representantes da CNBB de todos os estados envolvidos.Fotos:Elisa Elsie

Comentários