Advogados de Mirella querem imagens de hotel para processar JP - Salomão Medeiros
Governo do Rio Grande do Norte

sábado, 19 de dezembro de 2020

Advogados de Mirella querem imagens de hotel para processar JP

MC Mirella vai processar JP Gadêlha. Os advogados da cantora querem as imagens do hotel onde os ex-peões ficaram hospedados antes das participações que fizeram na reta final da 12ª edição de A Fazenda para provar a versão da cantora, que diz ter sido procurada pelo bombeiro em seu quarto.

"Nós estamos em fase de estudar a pertinência do processo. Estamos a par do caso, reunindo provas e, inclusive, vamos solicitar as imagens das câmeras de segurança do hotel para comprovar o fato. Ainda estamos analisando tudo", disse Mayara Karine Santos Rodriguez, advogada da equipe jurídica de Adélia Soares, que representa Mirella à coluna de Fábia Oliveira.
A confusão teve início após Mirella dizer em uma live na terça feira (15) que JP gritou para quem quisesse ouvir que queria transar com ela. "Eu estava bebendo vinho com as meninas aqui na porta do meu quarto. Primeiro, ele veio me propor um beijo triplo entre mim, ele e Stefani. Neguei na hora. Não satisfeito, ele ficou na minha janela e disse: 'o que eu queria mesmo era transar com a Mirella'. Quando ouvi isso, fiquei sem entender nada e em choque".

Tudo piorou quando Luiza Ambiel falou a Stefany Bays sobre o ocorrido durante a última festa do reality da RecordTV na quarta-feira (16), levando a ex-De Férias Com o Ex às lágrimas. "Eu querendo beijar o JP e ele dando em cima da Mirella, sou muito trouxa", desabafou Bays a Lipe.

JP publicou uma série de mensagens no Twitter para se defender das acusações que vinha sofrendo. "A situação está insustentável e eu preciso me posicionar e esclarecer: em momento nenhum eu disse que queria transar com Mirella, seja em janela de hotel ou por qualquer outro meio. Mesmo que eu quisesse, jamais falaria dessa forma absurda e desrespeitosa", disse o bombeiro na rede social.

Ele afirmou a Léo Dias que entraria na Justiça contra a funkeira por calúnia e difamação. "Minha assessoria jurídica já está tomando as devidas providências. Acionei os meus advogados e vamos mover um processo por calúnia e difamação contra a Mirella". Com informações da Folhapress/Foto:Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários,e não representam a opinião deste blog.

publicidade