Em mais de 100 anos, a primeira vez que celebração da padroeira de Felipe Guerra não acontecerá esse ano - Salomão Medeiros
Governo do Rio Grande do Norte

domingo, 8 de novembro de 2020

Em mais de 100 anos, a primeira vez que celebração da padroeira de Felipe Guerra não acontecerá esse ano

Uma das maiores celebrações religiosas realizada anualmente no município de Felipe Guerra, região Oeste Potiguar do estado do Rio Grande do Norte não estará acontecendo nesse ano de 2020. 

A celebração que teria como um dos pontos altos com  a abertura da procissão no dia 14 de Novembro das festividades da Padroeira de Felipe Guerra, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. 

A última celebração aconteceu no ano de 2019 com dez dias, começando dia 14 e com o término no dia 24 de Novembro, as datas têm a procissão que leva centenas de fiéis a caminharem da Cidade Alta ao bairro da Cidade Baixa, local onde está a capela de Nossa Senhora do Perpetuo Socorro. 
Um dos motivos do cancelamento da realização da celebração da festa de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro é devido a pandemia do coronavírus . 

A reabertura da capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no bairro da Cidade Baixa, no município de Felipe Guerra, aconteceu no dia 25 de Setembro, e conforme foi divulgado que a igreja estava 6 meses fechada e sem receber fieis. 

Na reabertura, que aconteceu a celebração de uma missa, contando também com uma assembléia,isso que todas as pessoas que foram participar estava seguindo os protocolos, recomendados pelos órgãos de saúde. 

A realização dos trabalhos de evangelização da igreja católica em Felipe Guerra, oficialmente por causa da pandemia estão sendo realizado em sua grande maioria através dos canais nas redes sociais.Foto:Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários,e não representam a opinião deste blog.

publicidade