Membros da situação querem cassar os direitos políticos do Prefeito Haroldo Ferreira - Salomão Medeiros
TCM HD

quarta-feira, 7 de outubro de 2020

Membros da situação querem cassar os direitos políticos do Prefeito Haroldo Ferreira

Em um parecer técnico, o Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte (TCE/RN) alegou que a prestação de contas referente ao ano de 2016 da gestão do prefeito de Felipe Guerra, Haroldo Ferreira teria chegado atrasado. 

Por se tratar de uma matéria que caberia aos vereadores legislar sobre a mesma, o TCE/RN devolveu a prestação de contas de 2016 para a Câmara Municipal de Felipe Guerra para que pudesse votar a mesma. 

Como estava pautada para entrar em votação no plenário da Câmara Municipal de Felipe Guerra não foi realizada a votação do parecer técnico por falta da presença dos vereadores. 

De acordo com informações dizem respeito que com a falta dos vereadores na sessão dessa última terça-feira (6), os motivos “estranhos” para não estarem presente por parte dos vereadores e protelando a votação do mesmo. 
Em um passado não muito distante, os atuais seis vereadores que fazem parte do grupo da situação, todos sem exceções foram beneficiados pelo governo municipal de Felipe Guerra. 

Até o presente momento não se sabe quem são os vereadores que são favoráveis a cassação dos direitos políticos de Haroldo Ferreira.

Faltando pouco menos de três meses para terminar de concluir o segundo mandato, o prefeito Haroldo Ferreira é atualmente o maior condutor de um governo de grandes obras estruturantes e por ter colocado a cidade de Felipe Guerra nos trilhos do desenvolvimento econômico, social, educacional e vanguardista.

Segundo informações, dizem que é esperado pela parte do prefeito Haroldo Ferreira que a prestação de contas dele referente ao ano de 2016 seja aprovada, e livrando ele da cassação dos direitos políticos. 

O grupo da situação é composto dos vereadores Ubiracy Pascoal, Marcos Aurélio, Djalma Júnior, Pedro Cabral, Francisco Canindé de Menezes (Chicão) e pelo presidente da Câmara, Ronaldo Pascoal.

Na próxima terça-feira (13) deverá ser colocada novamente em sessão a matéria para votação dos nove vereadores na Câmara Municipal de Felipe Guerra. 

A votação será um bom momento para provar para a população do município de Felipe Guerra quem é favorável à cassação dos direitos políticos do prefeito Haroldo Ferreira e quem é contra a ele e o governo municipal.

Mostrando-se a partir desse momento a verdadeira face de quem irá revelar-se politicamente em um posicionamento com mais clareza se  é situação ou oposição.Foto:Noberto Andrade/Arquivo Blog Salomão Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários,e não representam a opinião deste blog.

publicidade