Governo do RN entrega 200 toneladas de alimentos para famílias mais vulneráveis - Salomão Medeiros
TCM HD

terça-feira, 13 de outubro de 2020

Governo do RN entrega 200 toneladas de alimentos para famílias mais vulneráveis

A primeira fase do RN Chega Junto entregou 200 toneladas de alimentos a famílias vulneráveis cuja situação de pobreza foi agravada pela perda da renda do trabalho ou mesmo trabalhadores sem renda devido à pandemia do coronavírus. Foram 20 mil cestas básicas distribuídas pelo programa governamental e a meta são 60 mil até o fim do ano. A segunda fase do programa começa já nesta quarta-feira (14).

Desde o lançamento do Programa, no dia 16 de setembro, 126 entidades de 31 municípios do RN receberam cestas básicas. Todos solicitaram doações ao Programa RN+Unido.

Segundo a secretária da Sethas, Iris Oliveira, foram atendidos no momento os trabalhadores da área do turismo (balseiros, bugueiros, ambulantes) de Jenipabu e Ponta Negra. “Também chegamos junto a famílias que se encontram acampadas em ocupações urbanas e muitas comunidades populares em diferentes bairros e periferias de Natal, além de outras cidades do Estado, e ainda pessoas com deficiência”. 
O Programa RN Chega Junto é gerenciado pela Sethas e a Defesa Civil do Governo, com apoio da Cruz Vermelha. Envolve seis ações socio-assistenciais. Uma delas é a de suprimento alimentar. Além da meta de 60 mil cestas básicas até o mês de dezembro, também serão distribuídas 40 toneladas de peixes, adquiridos diretamente de cooperativas de pescadores do Estado, um investimento superior a R$ 4 milhões.

Para o controlador geral do Estado, Pedro Lopes, a ação vai além da assistência social. “O Governo adota a política de ser cliente de agricultores e pescadores do RN. Mais de R$ 1,3 milhão será injetado no mercado local, beneficiando diretamente trabalhadores do interior, com forte impacto nas economias regionais”. 

Compras da Agricultura Familiar: Pela primeira vez na história do Rio Grande do Norte a cadeia produtiva da farinha e da goma, ligadas diretamente à agricultura familiar, está sendo beneficiada dentro do maior programa de compras do Brasil: o Programa Estadual de Compras Governamentais da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Pecafes) no Estado do RN. 

A agricultura familiar será responsável pelo fornecimento de 315 toneladas de alimentos do programa RN Chega Junto, sendo 120 mil kg de farinha de mandioca; 60 mil kg de arroz vermelho; 60 mil kg de feijão macassar; 60 mil kg de goma fresca para tapioca; e 15 mil kg de café em pó almofada. 

“Tudo isso somado favorece o avanço das cooperativas da agricultura familiar do RN”, reforça Alexandre Oliveira, secretário da Agricultura Familiar do Governo do RN. “Vamos gerar trabalho e renda a 1.500 famílias, reunidas na Unicafes - União Nacional das Cooperativas de Agricultura Familiar e Economia Solidária”, concluiu. 

Nesta quarta-feira, a governadora Fátima Bezerra fará entrega de cestas básicas à comunidades LGBT em situação vulnerável e também a Povos de Terreiro, ambos pelo programa RN Chega Junto. A solenidade ocorrerá às 9h no auditório da Escola de Governo.Foto:Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários,e não representam a opinião deste blog.

publicidade