Governo entrega cestas básicas do Programa RN Chega Junto - Salomão Medeiros
TCM HD

quarta-feira, 16 de setembro de 2020

Governo entrega cestas básicas do Programa RN Chega Junto

Através do Programa RN Chega Junto, o Governo do RN fez nesta quarta-feira, 16, a entrega de 20 mil cestas básicas a 126 entidades em 31 municípios. 

O Estado investe nesta primeira etapa, com recursos próprios, mais de R$ 4 milhões, sendo cerca de R$1,5 milhão em cestas compradas da agricultura familiar potiguar e R$ 2,5 milhões em cestas comerciais. Até 31 de dezembro, serão entregues ao todo 60 mil cestas a 30 mil famílias beneficiadas.

Pela primeira vez na história do Rio Grande do Norte, a cadeia produtiva da farinha de mandioca e da goma, ligadas diretamente à agricultura familiar, está sendo beneficiada dentro do maior programa de compras do Brasil, o Pecafes (Programa Estadual de Compras Governamentais da Agricultura Familiar e Economia Solidária (PECAFES) no Estado do RN.
São 12 cooperativas da agricultura familiar contempladas. Estão sendo adquiridos 315 mil quilos de alimentos que incluem: 120 mil quilos de farinha de mandioca; 60 mil quilos de arroz vermelho; 60 mil quilos de feijão macassar; 60 mil quilos de goma fresca para tapioca; 15 mil quilos de café em pó almofada. Os produtos foram adquiridos das cooperativas da Unicafes (União Nacional das Cooperativas de Agricultura Familiar e Economia Solidária) no RN que reúne mais 1.500 famílias no Estado.

"A entrega destas cestas básicas é um direito e uma ação de cidadania, resultado de amplo trabalho e compromisso de várias secretarias e órgãos do Governo do Estado. Um Governo que tem compromisso com a vida e chega junto aos que mais precisam. Estamos investindo R$ 8,8 milhões para atender quem tem fome, para quem não pode trabalhar. Esta ação não é favor, é direito de cidadania", afirmou a governadora Fátima Bezerra.

A chefe do Executivo destacou o período de 12 dias consecutivos em que o RN se coloca entre os dois estados que mais reduzem ocupação de leitos Covid. "Este quadro traduz o acerto do nosso Governo que tem discernimento, capacidade de trabalho e de gestão, sabedoria e sensibilidade na defesa da vida. Estamos retomando as atividades, sem retrocesso e sem segunda onda da pandemia. E a economia está se recuperando com crescimento do ICMS que em agosto foi de 2%. Mas a pandemia não acabou, é preciso manter os cuidados e cumprir as medidas preventivas conosco e com os outros", declarou. 

R$ 3 MILHÕES PARA MUNICÍPIOS: Desde o início da pandemia da Covid-19, a administração estadual vem apoiando a população necessitada. Outros R$ 3 milhões em recursos próprios oriundos do Fundo de Combate à Pobreza foram repassados aos municípios para aquisição de cestas básicas, custear aluguel social, transporte e auxílio funeral para famílias necessitadas. Dos 167 municípios, 153 se cadastraram e receberam os recursos. Catorze municípios não se cadastraram e ficaram fora deste auxílio inicial.

A titular da Sethas, Íris Oliveira disse que o programa RN Chega Junto dá segurança para a sobrevivência pessoal em situação de vulnerabilidade. “O Estado chega junto para atender necessidades de sobrevivência, destinando inicialmente 3 milhões para minimizar o impacto da pandemia. E agora vai atender 60 mil famílias que perderam renda em consequência da pandemia. São ambulantes, taxistas e segmentos como quilombolas, indígenas, população LGBT e pessoas com deficiência representados por associações”.

Secretário da Sedraf, Alexandre Lima, ressaltou que "a pandemia oferece oportunidade para nos reinventarmos. No caso da agricultura familiar reforçamos o compromisso do Governo em fortalecer este segmento. A parceria também se traduz na aquisição de produtos para compor as cestas básicas. O Governo investe na compra direta, evitando o atravessador, e amplia uma ação que já é valorizada pela Lei do Pecafes que assegura a aquisição de pelo menos 30% das compras governamentais a produtores deste setor".

Para Jackson Araújo da Sociedade dos Deficientes Físicos do RN (Sadesf), a iniciativa do Governo do RN é um apoio muito bem-vindo por que realmente se destina a quem precisa, pessoas que enfrentam dificuldades e tiveram sua situação agravada pelas restrições impostas pela pandemia. 

O presidente Instituto de Cegos, Marcos Antônio afirmou que ação social do Governo demonstra compromisso com o povo norte-rio-grandense. Hildebrando Andrade, coordenador do MST, disse que "é com satisfação imensa que as famílias acampadas recebem este auxílio, que também é um incentivo à agricultura familiar pelo fato das cestas incluírem produtos deste setor. Vejo compromisso e responsabilidade do Governo do Estado por acreditar e trabalhar para quem mais precisa".

Entidades dos seguintes municípios recebem as 20 mil cestas básicas: Angicos, Apodi, Assu, Baía Formosa, Baraúna, Caraúbas, Carnaúba dos Dantas, Ceará-Mirim, Currais Novos, Dix-Sept Rosado, Equador, Extremoz, Felipe Guerra, Luiz Gomes, Macaíba, Messias Targino, Mossoró, Natal, Nova Cruz, Parelha, Parnamirim, Pau dos Ferros, Rio do Fogo, Rodolfo Fernandes, Santa Cruz, São José de Campestre, São Gonçalo do Amarante, Serra Caiada, Touros, Tibau e Upanema.

Acompanharam a governadora no ato de entrega na sede da Escola de Governo, em Natal, o vice-governador Antenor Roberto, os secretários de Estado Íris Oliveira (SETHAS), Alexandre Lima (SEDRAF), Francisco Araújo (SESED), Pedro Lopes (CONTROL), Socorro Batista (adjunta do Gabinete Civil), Maria Luíza Tonelli (subsecretária da SEMJIDH), coronel Marcos de Carvalho (Coordenador da Defesa Civil estadual). Também estiveram presentes representantes das entidades beneficiadas.Foto:Elisa Elsie

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários,e não representam a opinião deste blog.

publicidade