Governo divulga data de referência para possível retorno de aulas presenciais - Salomão Medeiros
Governo do Rio Grande do Norte

quinta-feira, 3 de setembro de 2020

Governo divulga data de referência para possível retorno de aulas presenciais

O secretário de Estado da Educação, Getúlio Marques anunciou nesta quinta-feira (03), uma data de referência do Governo do Estado no que se refere ao retorno das aulas presenciais, 5 de outubro, nas redes pública e particular.

O anúncio da possível data foi feito durante coletiva de imprensa para atualizar os dados no tocante à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

“A possível retomada das aulas, em 5 de outubro, fica prevista em duas semanas a mais do que está descrito no atual decreto, que previa uma possibilidade do retorno das atividades escolares de forma presencial para 18 de setembro”, disse o titular da Educação. Um novo decreto estadual atualizando a data irá sair na próxima semana. O Comitê Cientifico definirá os protocolos de retomada que as redes de ensino deverão seguir.
A retomada depende do cumprimento, por parte dos estabelecimentos escolares, de protocolos sanitários definidos pelas secretarias estaduais de Saúde e de Educação. E a prioridade de retorno será para alunos de séries finais (9º ano do ensino fundamental e 3º ano do ensino médio) e limitada 30% dos alunos totais de um estabelecimento escolar.

Na ocasião, o secretário da Saúde Pública, Cipriano Maia, reforçou que a retomada das aulas presenciais se dará embasado por protocolos de biossegurança e de preparação de todo o sistema escolar. “Há todo um trabalho de qualificação a ser feito com as autoridades escolares dos municípios”, falou Cipriano. Os municípios serão responsáveis pelo rastreio de contato para casos possíveis de contaminação com a Covid-19 entre o alunado e as equipes pedagógicas.

DADOS EPIDEMIOLÓGICOS: Em relação aos dados epidemiológicos da doença no estado, a Subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), Alessandra Lucchesi, disse que até a data de hoje foram infectadas pelo novo coronavírus 62.855 pessoas. Em relação ao número de óbitos em virtude da doença há, até o momento, 2278 mortes confirmadas, sendo 3 nas últimas 24h.

Alessandra demonstrou preocupação em relação à taxa de transmissibilidade da doença, que está em 1,08, sendo sua maior incidência na região Alto Oeste.

“A pandemia não acabou. As medidas de prevenção da doença, como o uso de máscara, ainda precisam ser mantidas”, disse a coordenadora fazendo um apelo à população. Hoje, a taxa de ocupação de leitos está em 41%, tendo 246 pacientes internados com a doença, sendo 149 em leitos clínicos e 97 em leitos críticos.Foto:Sandro Menezes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários,e não representam a opinião deste blog.

publicidade