Governo incentiva setor comprando mais de 100 toneladas de alimentos da agricultura familiar - Salomão Medeiros
TCM HD

terça-feira, 28 de julho de 2020

Governo incentiva setor comprando mais de 100 toneladas de alimentos da agricultura familiar

Em apenas dois meses de execução pelo Governo do Estado, o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) – Compra Direta com Doação Simultânea adquiriu 109.183,58 quilos de alimentos produzidos por 251 agricultores familiares de 42 municípios do Rio Grande do Norte. 

Entre os produtos estão 42 tipos diferentes de frutas, hortaliças, leguminosas, ovos, derivados do leite, biscoitos, doces e bolos. Juntos, os produtos equivalem a 10 caminhões de alimentos.

A ação é executada por meio da Emater-RN, vinculada à Secretaria Estadual do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf), desenvolvida em parceria com o Governo Federal, através do Ministério da Cidadania. 
Os produtos adquiridos da agricultura familiar são doados a pessoas em vulnerabilidade social e insegurança alimentar, assistidas por instituições sociais como hospitais, creches e asilos.

Nesses dois meses, 95 entidades socioassistenciais foram beneficiadas com os gêneros alimentícios, entregues em forma de cestas em virtude da pandemia da Covid-19, prioritariamente nos Centros de Referência em Assistência Social (Cras) e nas escolas estaduais presentes nos municípios.

As aquisições representaram, nesse período, um investimento de R$ 465.804,99. Até o final deste ano, já estão garantidos para o PAA no Rio Grande do Norte R$ 3 milhões, provenientes do Ministério da Cidadania. A meta é contemplar mais de mil agricultores familiares com esses recursos, a partir da compra de 604 mil quilos de alimentos projetados para este ano.

O PAA Compra Direta também tem o apoio das prefeituras municipais e beneficiará com os alimentos, em 2020, 215 mil pessoas. O beneficiário fornecedor (agricultor familiar) recebe o seu o pagamento diretamente do Governo Federal, em uma conta no Banco do Brasil, de acordo com o total fornecido, com a comprovação da entrega dos alimentos, na quantidade e qualidade previstas. Foto:Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários,e não representam a opinião deste blog.

publicidade