Covid-19: transporte sanitário tem menor tempo de espera - Salomão Medeiros
TCM HD

quinta-feira, 16 de julho de 2020

Covid-19: transporte sanitário tem menor tempo de espera

As medidas implementadas pelo Governo do RN para oferecer melhor assistência aos pacientes da Covid-19 continuam comprovando seu acerto. 

Nesta quinta-feira, 16, o tempo médio de espera pelo transporte sanitário pelos pacientes regulados para internamento, que já foi de 30 horas, caiu para 10, agora é de 4 horas e 50 minutos.

Esta informação foi confirmada por Samara Pereira Dantas, coordenadora e articuladora das Redes de Atenção à Saúde da Secretária de Estado da Saúde Pública (Sesap) na entrevista coletiva de atualização dos dados epidemiológicos e prestação de contas das ações da administração estadual.
A redução foi possível pela contração de cinco ambulâncias para reforçar o trabalho que antes era feito pelo SAMU e teve sua capacidade esgotada. A contratação é temporária, atende todo o Estado e contribui para um serviço de saúde mais ágil e eficiente.

O atendimento específico à Covid no Rio Grande do Norte hoje registra 651 pacientes internados em toda a rede hospitalar, sendo 332 em leitos críticos e 319 em leitos clínicos. A fila de regulação tem 3 pacientes para UTI, 7 para leitos clínicos e 9 aguardam transporte sanitário.

A taxa geral de ocupação de leitos críticos é de 80,64%. Nas regionais, a ocupação em Pau dos Ferros é de 60%, na região Oeste 72%, Metropolitana de Natal 88 %, Mato Grande 100% e Seridó 50%.

Os casos confirmados são 40.976, casos suspeitos 53.872, descartados 63.858, óbitos confirmados 1.498 (08 nas últimas 24 horas) e 221 óbitos em investigação. Por indisponibilidade dos sistemas de notificação do Ministério da Saúde no módulo de exportação, não foi possível a inserção das notificações dos dias 14 e 15 de julho, sendo, portanto, os números informados advindos de exames laboratoriais realizados pelo Lacen RN. 

FISCALIZAÇÃO DO PROCON: Com o início da segunda fase do Plano de Retomada Gradual das Atividades Econômicas neste dia 15, o Procon estadual está atuando junto aos lojistas e consumidores com o objetivo de estabelecer o cumprimento das medidas sanitárias e protetivas. 
"Buscamos a conscientização para um retorno das atividades bem elaborado e para evitar uma regressão da doença. O Procon é parceiro dos lojistas e do comércio para uma relação equilibrada em proteção da vida. Estamos em um momento de transição, é preciso ter calma e cuidado. Juntos vamos reconstruir as atividades e recuperar a economia", afirmou Thiago Silva, coordenador geral do Procon-RN. 

SELO "TURISMO MAIS PROTEGIDO": Ainda em apoio às medidas de retomada das atividades econômicas, o Governo do RN, através da Secretaria de Estado do Turismo (Setur), está em fase de implantação do selo "Turismo mais protegido". 

A iniciativa foi amplamente discutida e aprovada coletivamente pela Setur, Empresa de Promoção ao Turismo (Emprotur), por parte da administração estadual, pela Fecomércio, Senac, Sebrae, e Agrasel, Sindetur e ABIH, entidades do setor privado. 

"O selo define orientações e cuidados diários no atendimento ao turista que devem ser seguidos pelos trabalhadores e empresas", explicou Solange Portela, subsecretária de política e gestão turística da Setur.
O selo "Turismo mais protegido" segue as orientações do Governo Federal, os protocolos de segurança sanitária e foi revisado e aprovado pela subcoordenadoria de Vigilância Sanitária (Suvisa) da Sesap.

Para ter acesso ao selo a empresa deve acessar o endereço www.turismoprotegido.rn.gov.br, ter o selo Turismo Responsável e um dos funcionários deve fazer o curso de capacitação gratuito pelo Senac ou Sebrae.

Atendidas estas exigências, passa a ter o certificado de adesão ao selo Turismo mais Protegido. Para o guia de turismo, ele deve apresentar a credencial junto ao Ministério do Turismo. O bugueiro precisa apresentar a credencial junto à Setur. Eles também devem comprovar o curso de capacitação. 

"Com isso estamos garantindo que o RN está preparado para receber o turista com toda segurança", afirmou Solange Portela.Fotos:Sandro Portela

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários,e não representam a opinião deste blog.

publicidade