Governo lança 1ª Exposição Virtual do Rio Grande do Norte - Salomão Medeiros
TCM HD

quinta-feira, 28 de maio de 2020

Governo lança 1ª Exposição Virtual do Rio Grande do Norte

Uma notícia animadora para o segmento agropecuário do RN. Entre os dias 4 e 12 de julho, o Governo do Rio Grande do Norte, por meio da Secretaria da Agricultura, da Pecuária e da Pesca - SAPE, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – SEBRAE/RN e a Federação da Agricultura, Pecuária e Pesca do Rio Grande do Norte – FAERN, irão realizar a 1ª Exposição Agropecuária Virtual do RN. 

Desde o adiamento do Circuito Estadual de Exposições Agropecuárias do RN 2020, devido às medidas de combate ao novo coronavírus, muitos produtores do campo se viram sem ambiente para expor e comercializar seus produtos, em especial os criadores de animais, recorrendo à SAPE na tentativa de encontrar alguma alternativa para reverter esse cenário.
“Em conversa com Acácio Brito, do SEBRAE/RN, sobre as dificuldades enfrentadas pelo setor agropecuário do Estado, fui apresentado a possibilidade de realizar um evento de forma virtual. A ideia foi sendo amadurecida junto a outros parceiros e claro, aos maiores interessados, os produtores. Pensamos numa plataforma de fácil acesso, onde os operadores da agropecuária pudessem se sentir seguros. O desafio agora é fazer o negócio acontecer, trabalhar nessa modalidade que pode, durante esse período de isolamento social, ser uma saída para o movimentar o segmento”, ressalta Guilherme Saldanha, secretário de Agricultura. 

A Agrobatida (agrobatida) foi a plataforma digital escolhida para abrigar o evento, especializada em venda de animais. “Para fazer compras é só baixar o aplicativo, fazer o cadastro, escolher o lote e fazer a oferta, já para vender é preciso entrar em contato com a equipe do Agrobatida, preencher a ficha de inscrição dos lotes e enviar material de foto e filmagem do produto, até o próximo dia 20 de junho”, explica Pablo Corumba, um dos diretores do Agrobatida. 

“A recepção por parte dos criadores foi muito calorosa. O secretário Guilherme realizou uma videoconferência com as lideranças e o ambiente foi de muito apoio a iniciativa. Todos apostam que será uma luz nesse túnel de escuridão. Esse formato permite ampliar as fronteiras dos negócios. Na exposição tradicional quase 100% das negociações são presenciais. Neste modelo, a coisa se inverte, o ambiente é totalmente virtual”, acrescenta Acácio Brito, analista do SEBRAE/RN.

Além da comercialização de animais, máquinas e implementos agropecuários, o evento irá abrigar palestras transmitidas por meio de lives, sobre Cultivo de Palma Forrageira; Registro de Queijeiras, SISBI, Vacinação Animal; Armazenamento de Forragem; Crédito Rural; entre outras. 

“O RN será pioneiro na realização da Exposição Agropecuária, no formato virtual, será uma excelente oportunidade para que os pecuaristas do nosso estado possam comercializar, divulgar, trocar experiências e conhecer as novas tecnologias para o campo. A FAERN, que atua em defesa dos direitos e interesses dos produtores rurais, mesmo em meio à pandemia, será parceira do evento que vai surpreender o setor agropecuário potiguar”, destaca José Vieira, presidente da FAERN.

A 1ª Exposição Agropecuária Virtual do RN conta com o apoio da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte – EMPARN, Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do RN – IDIARN, Associação Norte-rio-grandense dos Criadores – ANORC, Associação Norte Riograndense de Criadores de Caprinos e Ovinos – ANCOC, Associação dos Criadores de Cabras Leiteiras do Litoral e Agreste – ACLAP, Associação Seridoense de Criadores – ASSERC, e Associação Norte-Riograndense de Criadores de Cavalo Quarto de Milha – ANQM; agentes financiadores de crédito como o Banco do Nordeste - BNB, Banco do Brasil - BB e Agência de Fomento do RN – AGN; e a divulgação do Programa Cheiro da Terra.Foto:Divulgação/Sape 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários,e não representam a opinião deste blog.

publicidade