Governo do RN envia 450 mil máscaras aos 167 municípios - Salomão Medeiros
Governo do RN

quinta-feira, 7 de maio de 2020

Governo do RN envia 450 mil máscaras aos 167 municípios

Quando passa nesta quinta-feira (07) a ser obrigatório o uso de máscaras a toda a população que estiver trabalhando nas atividades essenciais, atividades autorizadas e às pessoas que forem às ruas, o Governo do Rio Grande do Norte encaminhou aos 167 municípios a quantidade de 450 mil máscaras. 

O transporte começou a ser feito no início da tarde para as regionais de saúde, onde as prefeituras devem buscar o lote destinado a cada município. Aquele que vai receber a menor quantidade de máscaras nesta primeira fase, terá disponibilizado um lote com 1.500 unidades.

As máscaras foram confeccionadas numa parceria do Governo do RN com a indústria têxtil no Estado, coordenadas pela Confecções Guararapes, numa iniciativa do Programa RN+Protegido. Nesta primeira fase, o Governo contratou a confecção de 3 milhões de máscaras que estão sendo produzidas pelas oficinas de costura em várias cidades do interior.
Pelo contrato, o Governo paga a mão de obra, no valor de R$ 1,1 milhão - com recursos do Programa Governo Cidadão que opera com o empréstimo feito ao Banco Mundial - e as indústrias têxteis fornecem o material e organizam a produção.

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado disse que a fabricação das máscaras assegura o emprego de 4.500 trabalhadores das oficinas de costura. Ele elogiou o empenho do setor produtivo na parceria. A Guararapes, além de coordenar a produção, doou 200 mil unidades, que já foram distribuídas; a Coteminas doou material para 500 mil máscaras, a Nortex para 120 mil, a Vicunha doou 40 mil metros de tecido, e o Sinduscon (Sindicato da Construção Civil do RN), doou material para 2,2 milhões de máscaras. 

"Estamos trabalhando em um verdadeiro mutirão de colaboração e solidariedade. O Governo do RN e o setor produtivo viabilizaram o RN+Protegido, que é, proporcionalmente o maior do país. Cito o exemplo do Governo Federal que até hoje adquiriu 16 milhões de máscaras. Nós, no RN, estamos produzindo 7 milhões com a segunda fase de produção que irá confeccionar mais 4 milhões de unidades", afirmou Jaime Calado.

Ele destacou outras medidas que a administração estadual tomou para reduzir o impacto da pandemia na economia. "Por orientação da governadora Fátima Bezerra, o Governo tomou medidas efetivas para minimizar as dificuldades das empresas e das pessoas. São ações como a dispensa do ICMS para micro e pequenas empresas que enquadrados no regime do Simples Nacional - a maioria das empresas do RN -, dispensou o ICMS do setor turístico - o primeiro a ser atingido e um dos últimos a se recuperar -, dispensou, através da Caern o pagamento da tarifa social para a população mais carente, e o ICMS de vários setores, mesmo nessa dificuldade extrema", registrou o secretário.

Jaime Calado também afirmou que hoje o RN tem 45 atividades econômicas liberadas para funcionar seguindo as normas de proteção: "A preocupação do Governo, em primeiro lugar, é salvar vidas. A nossa Governadora constituiu um Comitê Científico com especialistas renomados que dialoga semanalmente com a administração e com o setor produtivo. Hoje temos uma situação diferenciada por que temos menos óbitos em relação a outros estados do Nordeste. Isso é fruto das medidas tomadas com coragem e a sensibilidade de agir na hora certa". 

Ao encerrar sua participação na entrevista coletiva aos veículos de comunicação, Jaime Calado agradeceu às equipes que a partir de hoje estão fazendo a entrega das máscaras - Secretaria de Saúde, Control, Sethas, Gabinete Civil, Idiarn, Secretaria de Agricultura, Ministério Público estadual, que trabalham na distribuição, pediu um minuto de silêncio em homenagem às pessoas que já morreram e aos familiares e fez um apelo: "Quero aqui, como pai e avô, dizer: não leve a morte para sua casa ou seu trabalho. Fique em casa. E se sair use máscara por que ela é um respeito aos outros e a última barreira entre você e o coronavírus. Estamos todos juntos nessa luta. Com muita paciência, humildade e fé vamos vencer o coronavírus".Foto: Elisa Elsie

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários,e não representam a opinião deste blog.

publicidade