Covid-19: Governo do RN convoca profissionais para ampliar atendimento - Salomão Medeiros
TCM HD

terça-feira, 26 de maio de 2020

Covid-19: Governo do RN convoca profissionais para ampliar atendimento

O Governo do Rio Grande do Norte publicou nesta terça-feira (26) no Diário Oficial do Estado um edital para contratação temporária de profissionais da saúde a fim de atender à demanda crescente de pacientes com Covid-19.

O Governo também vai ampliar a contratação de médicos, mas estes devem ser contratados por meio de empresas, cooperativas ou por realocação de profissionais do quadro para o enfrentamento à Covid-19.

“A contratação de mais profissionais é de fundamental importância, porque somente os respiradores não garantem o pleno atendimento - é preciso pessoal treinado para manusear os equipamentos e técnicas necessárias ao bom atendimento dos pacientes”, destacou o secretário adjunto da saúde do Estado, Petrônio Spinelli, durante a entrevista coletiva realizada na Escola de Governo.
Dos 40 respiradores que chegaram a Natal, enviados pelo Ministério da Saúde, 20 são para casos de alta complexidade e utilizados em UTI. Os outros 20 são para transporte de pacientes e estabilização em UPAs, unidades de referência e prontos-socorros.

Além dos 40 respiradores que chegaram no início desta semana, outros 40 estão sendo esperados para os próximos dias, compromisso assumido pelo general Luiz Eduardo Ramos, secretário da Presidência da República. 

"Parece muito, mas são insuficientes para abrir todos os leitos em instalação no Hospital João Machado e na Liga Norte-rio-grandense Contra o Câncer, em Natal, nos Hospitais regionais de Macaíba, Caicó e Pau dos Ferros, e no Hospital São Luiz, em Mossoró", explicou Petrônio Spinelli. 

Spinelli acrescentou, ainda, que é preciso que todos os leitos possíveis sejam abertos também pelos municípios. "Inclusive, em hospitais de campanha, em particular em Natal", disse. 

ISOLAMENTO: Outro ponto importante levantado pelo secretário adjunto da saúde é o reforço a necessidade de isolamento. "O isolamento precisa aumentar, precisamos fazer um pacto para que as pessoas que podem fiquem em casa, para evitar que um grande número de contaminados chegue às UPAs, prontos-socorros e leitos Covid-19 e não tenha vagas. A população tem o grande desafio de se somar à força tarefa do Governo do Estado, dos municípios, dos profissionais médicos e da saúde como um todo", reiterou.

A taxa de isolamento na última segunda-feira, 25, subiu da média de 40% para 52%. Melhorou, mas ainda está muito distante do mínimo de 60%, orientado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). 

"Se o isolamento social aumenta, consequentemente diminui o número de internações. O agravamento da situação dependerá deste comprometimento. Toda a sociedade precisa atuar para que possamos salvar o maior número de vidas possível e evitar o colapso no sistema de saúde", insiste Petrônio Spinelli.

O Governo garantiu a abertura de uma quantidade significativa de leitos, mas, apesar disso, a fila para a regulação continua alta. Nesta terça-feira, eram 93 pessoas, das quais 32 precisando de leitos críticos (UTIs e semi-utis). 

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO: O boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) desta terça-feira registra 13.146 suspeitos, 5.472 confirmados, 10.670 descartados, 220 óbitos e 39 óbitos em investigação. 479 pessoas estão internadas em leitos críticos e clínicos nas redes pública e privada. 

A taxa de ocupação de leitos é de 100% nas regiões de Mossoró, Pau dos Ferros e Metropolitana de Natal e 70,59% no Seridó. 

PARA ONDE VÃO OS RESPIRADORES:

Região Oeste, Hospital São Luiz em Mossoró - 10 

Região Seridó, Hospital Regional de Caicó - 12 

Região Alto Oeste, Hospital Regional de Pau dos Ferros - 03 

Natal, Hospital João Machado - 10 

Natal, Hospital da Liga - 10 Macaíba, Hospital Regional – 10.Foto:Sandro Menezes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários,e não representam a opinião deste blog.

publicidade