RN+Unido e Sindicato de Taxistas inicia campanha para ajudar trabalhadores do setor - Salomão Medeiros
TCM HD

terça-feira, 28 de abril de 2020

RN+Unido e Sindicato de Taxistas inicia campanha para ajudar trabalhadores do setor

A campanha RN+Unido ganhou nova parceria para colaborar com mais uma categoria de trabalhadores no enfrentamento à crise provocada pela pandemia do novo coronavírus.

O Sindicado dos Trabalhadores em Táxi do Natal (S.T.T.N.) e o RN+Unido irão captar fundos para comprar cestas básicas, kits de higiene e material de limpeza para os taxistas que estão em maior situação de vulnerabilidade devido à paralisação da atividade econômica do setor.
“Esta é mais uma frente de ação do RN+Unido, um programa governamental que tem se mostrado cada vez mais amplo e ativo, com distribuição de alimentos, material hospitalar, EPI’s e tem contemplado vários setores econômicos e sociais do Estado, sobretudo os que estão em situação social ou de risco mais vulnerável, como os taxistas”, destacou o controlador geral do Estado e coordenador da campanha, Pedro Lopes.

O Acordo de Cooperação entre o sindicato e a campanha foi assinado nesta segunda-feira pelo presidente em exercício do S.T.T.N., José Matias de Melo, e o controlador geral, Pedro Lopes. Para iniciar as atividades, duas lives estão planejadas para os próximos dias com a proposta de conscientizar a população em relação ao COVID-19 e também arrecadar dinheiro para a campanha. 

O RN+ UNIDO é uma ação de assistência social e de segurança alimentar e nutricional do Governo do Estado do Rio Grande do Norte para o enfrentamento dos efeitos colaterais do coronavírus (COVID-19) na sociedade, em especial na população de baixa renda, numa parceria com a Associação dos Supermercados do Rio Grande do Norte (ASSURN), apoio do Ministério Público Estadual e colaboração da Cruz Vermelha. As doações podem ser feitas através do link clicando aqui.Foto:Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários,e não representam a opinião deste blog.

publicidade