Hospital João Machado ganha vagas de abrigamento em prédio cedido pela Fundase/RN - Salomão Medeiros
Governo do RN

terça-feira, 28 de abril de 2020

Hospital João Machado ganha vagas de abrigamento em prédio cedido pela Fundase/RN

O Hospital Dr. João Machado conta, temporariamente, com espaço cedido pela Fundação de Atendimento Socioeducativo – Fundase/RN no bairro Cidade da Esperança, em Natal. 

Trata-se do prédio anexo ao Casep Metropolitano, usado pelo Ministério Público da Infância e Juventude da Comarca de Natal até 2015 e reformado em 2017. São 15 vagas, das quais 13 estão preenchidas por pacientes psiquiátricos que receberam alta médica, mas não possuem outra moradia.
“É uma parceria inédita entre esses órgãos que, apesar de pertencerem ao Governo do Estado do RN, possuem significativas diferenças, como as características da clientela, o corpo técnico envolvido e o tipo de atividade. A Fundase dá as boas vindas aos colegas do HJM e deseja uma estada tranquila e proveitosa. Esperamos, também com esta ação, contribuir com o esforço do Governo do RN no enfrentamento da pandemia da Covid-19”, disse o presidente da Fundase/RN, Herculano Campos. 

Os novos inquilinos batizaram o lugar como Casa de Apoio Esperança. De acordo com a diretora geral do hospital, Leidiane Queiroz, a ideia é oferecer para essas pessoas isolamento social mais seguro durante a pandemia.
“Durante esse período não era seguro permanecer em um ambiente hospitalar, que tem risco biológico maior que uma residência. Ficamos muito satisfeitos em contar com esse apoio. Esses pacientes deveriam ir para uma residência terapêutica, que, em todo o território nacional, é de responsabilidade do Município, mas em tempo recorde não teríamos como conseguir”, disse Leidiane, explicando ainda que a ideia é avançar no debate com a Prefeitura do Natal para a implantação da quarta residência terapêutica na cidade.

Alguns eletrodomésticos foram disponibilizados pela Fundase. Outros utensílios domésticos, itens de limpeza e higiene são do almoxarifado do Hospital, que transferiu ainda camas, lençóis e colchões. A casa começou a funcionar também com muitas doações tanto de servidores quanto de alguns pacientes que possuem renda.

No abrigo, o cuidado é feito pela mesma equipe de médicos, enfermeiros e psicólogos do João Machado, que presta agora assistência ambulatorial.

Com a mudança, a enfermaria foi desativada temporariamente. O Hospital também está passando por uma série de melhorias. O Governo do RN finaliza a construção da Unidade de Terapia Intensiva com capacidade para 20 leitos, que servirão para o atendimento de pacientes com Covid-19.
No dia 23 de abril foi aberto um processo de chamamento público para contratar empresa, organização social ou instituição filantrópica que ficará responsável pela implementação e gestão desses leitos em reforço às medidas de enfrentamento ao novo coronavírus, e ainda mais 10 no Hospital Regional Alfredo Mesquita Filho em Macaíba.

A reforma prevê também a abertura de 48 novos leitos clínicos. Também serão realizadas manutenções nas alas do Pronto-Socorro e clínica médica. Os serviços incluem revisão e troca de cobertura, esquadrias, louças, instalações elétricas, hidráulicas e piso.Fotos:Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários,e não representam a opinião deste blog.

publicidade