Fátima Bezerra e demais governadores do Nordeste levam demandas da pandemia ao ministro da Saúde - Salomão Medeiros
Governo do RN

terça-feira, 21 de abril de 2020

Fátima Bezerra e demais governadores do Nordeste levam demandas da pandemia ao ministro da Saúde

A governadora Fátima Bezerra participou na tarde desta segunda-feira (20) de uma videoconferência dos governadores do Nordeste com o novo ministro da Saúde, Nelson Teich. 

Os chefes do Executivo da região solicitaram ao Ministério da Saúde o atendimento, com urgência, às demandas dos estados para o combate à Covid-19 no sentido de evitar o iminente colapso do sistema de saúde caso não sejam adotadas medidas como o aumento de leitos de UTI, mais equipamentos como respiradores e ampliação do número de médicos e profissionais para atendimento à população acometida pela doença. 

A chefe do Executivo potiguar considerou a videoconferência de suma importância na relação dos governadores com o novo gestor. 

“Nossas solicitações feitas ao ministro têm como principal objetivo salvar vidas e entendemos que isso só será possível com o primordial apoio do ministro Nelson Teich”, afirmou a governadora.
Pelos dados da Organização Mundial da Saúde, do próprio Ministério da Saúde e das secretariais estaduais da Saúde, é preciso ampliar as medidas como o isolamento social e, também, garantir que a população tenha um atendimento digno na rede hospitalar e isso só é possível com equipamentos, insumos e pessoal qualificado e suficientes para dar conta da demanda de pacientes que deverá aumentar nos próximos dias.

Na videoconferência com o ministro Nelson Teich, os governadores apresentaram as demandas dos Estados diante do grave quadro que a saúde pública enfrenta em razão da pandemia causada pelo novo coronavírus. 

“Apresentamos nossas dificuldades ao ministro que fez questão de ouvir de cada um dos governantes a real situação de cada estado e quais as demandas acham necessário para enfrentar a situação”, pontuou Fátima Bezerra que considerou o encontro produtivo. 

A videoconferência foi solicitada pelos governadores na sexta-feira (17) e todas as solicitações feitas hoje serão encaminhadas por ofício ao ministro que se comprometeu dar uma resposta às demandas na próxima quinta-feira (23).Foto:Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários,e não representam a opinião deste blog.

publicidade