El Salvador junta gangues rivais em meio à pandemia e é duramente criticado por organizações de direitos humanos - Salomão Medeiros
Governo do RN

quarta-feira, 29 de abril de 2020

El Salvador junta gangues rivais em meio à pandemia e é duramente criticado por organizações de direitos humanos

Ao anunciar no último domingo (26) uma das medidas previstas no estado de emergência decretado nas prisões após o recente aumento de homicídios no país, o vice-ministro da Justiça e Segurança Pública de El Salvador, Osiris Luna Meza utilizou sua rede social twitter para uma publicação.

"As celas para uma mesma gangue terminaram, nós misturamos todos os grupos terroristas em uma mesma cela, em todos os centros penais de segurança. O Estado deve ser respeitado!" enfatizou Osiris na publicação do twitter.

Considerados há anos um dos países mais violentos do mundo, El Salvador, em grande parte é devido às atividades das gangues como Mara Salvatrucha (MS-13) e Barrio 18,de acordo com a imprensa internacional elas tem pelo menos 70 mil integrantes dedicados a crimes de extorsão e tráfico de drogas,além de outros.
A forma como foram colocadas juntas as gangues, segundo divulgados pela à imprensa internacional, as organizações de direitos humanos criticaram duramente as medidas do governo salvadorenho.

Nas fotos divulgadas pelo governo de El Salvador, dezenas de presos são vistos sentados no chão,reunidos em fileiras,algemados,em sua maioria são colados uns aos outros e alguns deles usando máscaras. 

Já a imprensa internacional têm destacado que de acordo com as fotos divulgadas o isolamento social em vigor no resto do país não está sendo praticados nas unidades penais de El Salvador,desde o final de março,quando à existência obrigatória da quarentena para que possa impedir a propagação do coronavírus.

As criticas forma direcionadas por causa da situação da pandemia, e principalmente por não respeitar o isolamento social por parte dos presos que foram colocados todos eles próximos. Fotos:Casa Presidencial/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários,e não representam a opinião deste blog.

publicidade