Central de Doações viabilizada pelo Governo recebe desde insumos hospitalares até itens da cesta básica - Salomão Medeiros
Governo do RN

quarta-feira, 8 de abril de 2020

Central de Doações viabilizada pelo Governo recebe desde insumos hospitalares até itens da cesta básica

A Central de Controle de Recebimento e Distribuição de Doações de Insumos e Bens, criada pelo Governo do Estado para reforçar o combate à disseminação do novo coronavírus, já recebeu diversos materiais ao longo dos dias recentes. 

Criada pelo Governo por meio de decreto publicado no fim de março e desde então funcionando na Escola de Governo, a Central obteve materiais hospitalares, alimentos e equipamentos de proteção. 

São doações vitais para os profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate à Covid-19, como os 420 protetores faciais (face shield) produzidos pelo Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis (CTGAS-ER), as 10 mil unidades de respiradores descartáveis entregues pela Vicunha Têxtil e um pacote com mais de 26 mil unidades de materiais descartáveis como luvas, aventais, toucas, seringas e proteções para os pés que o Grupo Ser Educacional/Uninassau entregou à Central de Doações. 

O Governo também já recebeu grandes doações de álcool 70%, insumo importante para reforçar a limpeza e diminuir o contágio pelo novo coronavírus. 
A Usina Estivas entregou cinco mil litros de álcool etílico hidratado 70% e o grupo formado pela Alesat Combustíveis, a Ster Bom e a Ginga Bebidas já repassou, até o momento, pouco mais de 5900 litros. A Dore Refrigerantes e Água contribuiu com dois mil litros de água mineral. 

Grupos e pessoas físicas também estão participando do esforço coordenado pela Central de Doações. O grupo espírita Garimpeiros da Luz concedeu 100 lençóis brancos para uso hospitalar, enquanto potiguares como Marinaldo de Queiroz Nascimento, Edson Batista Ferreira e Vanessa Almeida Ratto contribuíram com alimentos, água e material de limpeza. 

Dentro dos próximos dias a Central deverá receber ainda insumos para mil kits de testes do novo coronavírus, viabilizado por uma articulação entre Federação das Indústrias do RN (Fiern), Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN (Fecomércio-RN), Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Nordeste (Fetronor), Sindicato da Indústria da Construção Civil do RN (Sinduscon-RN) e Federação da Agricultura e Pecuária do RN (Faern). 

A doação superior a R$ 50 mil reforça o trabalho de identificação de casos coordenado pelo Laboratório Central de Saúde Pública do RN (Lacen) da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). 

SAIBA MAIS: O Governo criou por meio do Decreto nº 29.565, de 25 de março de 2020, a Central de Controle de Recebimento e Distribuição de Doações de Insumos e Bens destinados ao enfrentamento e amenização dos impactos da Calamidade Pública decorrente do novo Coronavírus (COVID-19). 

As doações por pessoas jurídicas e físicas podem ser realizadas diretamente na Escola de Governo do RN (Centro Administrativo), das 8h às 17h. A equipe do Governo também pode providenciar o recebimento do material no estabelecimento da empresa, caso requisitado. O contato para efetivação das doações pode ser feito pelo telefone: (84) 98146-5124. 

Em relação às doações por pessoas físicas, a gestão estadual, com a coordenação da Controladoria Geral do Estado, lançará na próxima semana a campanha RN + Unido, em parceria com a Associação dos Supermercados do RN (Assurn) e o apoio de Ministério Público do RN (MP-RN), Exército Brasileiro, Cruz Vermelha e Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). 

O projeto vai facilitar a doação, a coleta e a distribuição dos produtos que serão destinados à população de baixa renda. As doações podem ser feitas em supermercados e atacadistas, no momento que as pessoas estiverem fazendo compras. 

Os alimentos não perecíveis e materiais de higiene pessoal e limpeza receberão cuidados para desinfecção, armazenamento e condicionamento. A Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas) fará a articulação junto aos municípios para a distribuição das doações.  

A logística será compartilhada entre Defesa Civil do Estado, Exército, Cruz Vermelha e Conab. Todas as doações recebidas e as destinações/beneficiários serão publicadas no Portal da Transparência do Governo do Estado (http://transparencia.rn.gov.br).

A fiscalização do projeto, desde a contabilização das doações até a entrega à população, será feita pelo Ministério Público. 

Para dar mais transparência ao processo, a Controladoria Geral do Estado, responsável pela coordenação da Central de Doações, reservou uma área dentro do Portal da Transparência para reportar todos os registros de entrada e saída de doações, com respectivos volumes e locais de entrega.Foto:Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários,e não representam a opinião deste blog.

publicidade