Pular para o conteúdo principal

Governadora Fátima Bezerra destaca importância da formação continuada promovida pelo IFESP

"Precisamos defender educação cidadã, inclusiva, que promova a justiça social. Temos o grande desafio de continuar lutando pela melhoria da qualidade do ensino, pela valorização, dignidade e respeito aos profissionais da educação". 

A declaração é da governadora Fátima Bezerra proferida, na manhã desta quinta-feira (5), na solenidade de abertura das comemorações pelos 25 anos de criação do Instituto de Educação Superior Presidente Keneddy (Ifesp), em Natal. A governadora também participou do ato de inauguração do Núcleo de Documentação e Memória do instituto.
Fátima destacou que o Ifesp é uma instituição de patrimônio da sociedade potiguar. "É referência como espaço de formação continuada dos nossos professores. Ele exerce papel primordial de garantir graduação e pós-graduação. É dever do Estado oferecer formação e capacitação aos professores, que têm uma missão importante e cheia de desafios", declarou a governadora.

Ela ainda conclamou todos à luta em defesa do novo Fundeb para substituir o atual que acaba no próximo ano. "Não há como estados e municípios assegurarem educação sem o Fundeb. A melhor proposta que está no Congresso nacional para ser votada é a que cria o novo Fundeb como política de Estado, permanente, e que amplia a participação financeira da União. O país tem muito o que fazer ainda na área da Educação. Precisamos ampliar o acesso, dar mais qualidade, ter mais escolas de tempo integral e valorizar os professores", disse Fátima Bezerra ao enfatizar que esta deve ser uma luta de toda a sociedade.
Secretário de Estado da Educação, professor Getúlio Marques disse que o Ifesp se consolida na educação do RN e ajuda a enfrentar os grandes desafios da educação no Estado e no Brasil. "Temos enormes dificuldades, mas elas são momentâneas, precisamos fazer valer a qualidade do ensino, o compromisso com a educação pública e a oferta de um serviço de qualidade a quem não teve acesso adequado", afirmou Getúlio.
O Ifesp trabalha para formação continuada de professores em graduação e pós-graduação. Nestes 25 anos formou dois mil professores em graduação e 400 em pós-graduação.

Também participaram da solenidade, a secretária adjunta de Educação do Estado, Márcia Gurgel; o diretor do campus da UERN em Natal, Francisco Dantas; o diretor da Escola de Governo do Estado, João Emanuel Evangelista; o diretor da Fapern, Gilton Sampaio; representantes da secretaria de Educação da Prefeitura Natal, do deputado estadual Francisco Medeiros e da vereadora de Natal, Divaneide Basílio.

O QUE É O IFESP: O IFESP é vinculado à Seec-RN. Atua na formação de muitos educadores que ainda não possuem a graduação em nível superior e para aqueles que desejam o acesso à formação continuada. Em 1993, foi transformado em Instituto de Formação de Professores Presidente Kennedy. Em 2001, passou a se chamar Instituto de Educação Superior Presidente Kennedy – IFESP.

Atende 700 alunos em diversos municípios do RN distribuídos em 30 turmas, com cursos de graduação, pós-graduação, pesquisa e extensão.

Conta com 43 professores que atuam nos cursos de Graduação, Extensão e Pós-graduação. 
A Graduação oferece três cursos: Pedagogia - Licenciatura, Licenciatura em Matemática e Licenciatura em Letras – Habilitação Língua Portuguesa.

Na pós-graduação Lato Sensu são oferecidos cursos de especialização em seis áreas.Compõem o complexo educacional as escolas estaduais Edgar Barbosa, Presidente Kennedy, Joaquim Torres e Manoel Vilaça. 

Para essas instituições, o IFESP reserva parte das vagas dos cursos ofertados para professores e gestores.A instituição trabalha junto à Capes na implantação de Mestrado Profissional.

Em relação ao Ensino à Distância (EaD), oferta de cursos nesta modalidade em parcerias com a SEEC, Escola Agrícola de Jundiaí, Escola de Governo e outros setores da administração pública.

Este ano, em abril, 87 professores da rede estadual de diversas cidades do RN se formaram em Pedagogia.

O instituto mantém uma das escolas potiguares com alto indicador do IDEB, a E.E. Presidente Kennedy, que se destaca no ensino fundamental e é referência de qualidade para muitas escolas, principalmente do interior.ASSECOM/RN/Fotos:Elisa Elsie

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em ato inédito, Governo do RN distribui sementes crioulas para agricultores familiares

Casada, mãe de três filhos, Ana Maria da Silva Gomes, 52, é agricultora, guardiã de sementes, pescadora e cabeleireira da comunidade Assentamento Professor Maurício de Oliveira, na cidade de Assu, região Oeste do Rio Grande do Norte.  Ela representa uma das três mil famílias beneficiadas pelo Programa Estadual de Sementes Crioulas - as sementes da tradição - que pela primeira vez estão sendo doadas pelo governo estadual para agricultores familiares.  A primeira etapa de distribuição, realizada através da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Rural (Sedraf), ocorreu nesta sexta-feira (31), no auditório da Ufersa (Universidade Federal Rural do Semiárido), em Mossoró, onde foram entregues sementes de milho, feijão, sorgo, castanha de caju, fava e arroz vermelho. Os tipos de sementes foram definidos pelos próprios agricultores porque são as mais utilizadas pela maioria dos contemplados, cuja tradição é passada de geração a geração. Para execução do

Governo do RN garante cumprimento do piso salarial do magistério

O Governo do Estado, através da governadora professora Fátima Bezerra e do secretário de estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC-RN), professor Getúlio Marques, assegura o cumprimento do Piso Nacional do Magistério. Em janeiro de 2020, o Ministério da Educação (MEC) anunciou reajuste de 12,84%. O salário dos profissionais da rede pública da educação básica em início de carreira passará de R$ 2.557,74 para R$ 2.886,24. “Nós continuamos abertos ao diálogo com o sindicato, garantindo não somente o reajuste, como também o pagamento retroativo”, afirmou o secretário. Ele explicou que o percentual proposto pelo MEC está acima da previsão da receita do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação), que financia a rede básica de Educação. Em 2019, o Governo do Estado recebeu R$ 902 milhões e a previsão para este ano é de R$ 926 milhões, ou seja, menos de 3% de aumento. Mesmo diante desse déficit

Claudia Rodrigues sofre convulsão e é encaminhada para a UTI

A  atriz Claudia Rodrigues sofreu uma queda onde acabou tendo uma convulsão na sequência e foi levada para o Hospital Alberto Einstein, em São Paulo, onde acabou sendo internada na Unidade de Terapia Intensiva. De acordo com informações da colunista Fábia Oliveira, do jornal 'O Dia', diagnosticada com esclerose múltipla e com diminuição de parte da massa encefálica, a atriz desenvolveu um edema cerebral, por conta da queda, descoberto pelos médicos nesta quinta-feira (30).  Procurada, a assessoria do hospital confirmou a internação da atriz. Os representantes de Claudia, no entanto, ainda não se pronunciaram oficialmente sobre a nova internação.  No mês de dezembro, a artista foi internada na mesma unidade para tratamento contra a doença degenerativa.Com informações de Notícias Ao Minuto Brasil/Foto:Divulgação