Pular para o conteúdo principal

Em São Paulo, deputado entra com representação contra Silvio Santos de racismo

O deputado estadual Jesus dos Santos, 35, (PSOL), integrante da bancada ativista -formada por nove militantes políticos de diversas áreas que dividem o mandato em São Paulo- fez uma representação contra Silvio Santos, 89, nesta sexta-feira (13). 

A causa foi o tratamento dado pelo apresentador a Jennyfer Oliver no quadro Quem Você Tira?, no Programa Silvio Santos (SBT), exibido dia 8 de dezembro.

Em uma competição de calouros, o apresentador ignorou a votação popular do auditório, que escolheu Oliver como melhor intérprete da música "Caneta Azul", e premiou outra concorrente, Juliani, por tê-la considerado "muito bonita". 
O que chamou a atenção dos espectadores é que a cantora preterida pelo apresentador era a única negra no grupo de quatro calouras. Isso levou o público a cogitar racismo por parte de Silvio, hipótese tomada como certa por Jesus. 

"Quando um apresentador, dono de um canal que é uma concessão pública, ratifica e continua perpetuando piadinhas racistas, isso passa a ser um problema no qual encontramos aparato constitucional para enquadrá-lo. O crime de racismo é bem nítido quando informa que atos racistas de qualquer forma e grau precisam ser contidos", afirma o deputado.

A iniciativa aconteceu após uma audiência pública na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), da qual também participaram os deputados Leci Brandão, 75, (PCdoB) e Luiz Fernando Teixeira, 57, (PT). Cabe ao Ministério Público apurar os fatos e, se entender que houve racismo, processar Silvio. 

Para Jesus, é inadmissível que uma emissora e seu apresentador tenham esse tipo de comportamento. "Partimos do princípio de não tolerar mais que nossas crianças que assistem a esse programa, pessoas em processo de formação, tenham [acesso a] conteúdos que não estão coerentes com os passos que a sociedade deve dar".

O deputado diz ainda que, embora venha tentando falar com Oliver, ainda não conseguiu contatar a cantora. "Ela está em um lugar desprivilegiado para tentar contrapor a narrativa de um cara que é mega milionário no nosso país. Ela é o elo fraco dessa corrente. Como papel do parlamento nos cabe zelar pela nossa Constituição". 

É importante destacar que a medida foi possível sem a necessidade da presença da participante que teria sofrido discriminação, porque a representação está fundamentada no crime de racismo, e não de injúria racial. Procurada pela reportagem, a assessoria do SBT não se manifestou sobre o caso até a conclusão deste texto.Com informações da Folhapress/Foto:Reprodução Instagram 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em ato inédito, Governo do RN distribui sementes crioulas para agricultores familiares

Casada, mãe de três filhos, Ana Maria da Silva Gomes, 52, é agricultora, guardiã de sementes, pescadora e cabeleireira da comunidade Assentamento Professor Maurício de Oliveira, na cidade de Assu, região Oeste do Rio Grande do Norte.  Ela representa uma das três mil famílias beneficiadas pelo Programa Estadual de Sementes Crioulas - as sementes da tradição - que pela primeira vez estão sendo doadas pelo governo estadual para agricultores familiares.  A primeira etapa de distribuição, realizada através da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Rural (Sedraf), ocorreu nesta sexta-feira (31), no auditório da Ufersa (Universidade Federal Rural do Semiárido), em Mossoró, onde foram entregues sementes de milho, feijão, sorgo, castanha de caju, fava e arroz vermelho. Os tipos de sementes foram definidos pelos próprios agricultores porque são as mais utilizadas pela maioria dos contemplados, cuja tradição é passada de geração a geração. Para execução do

Governo do RN garante cumprimento do piso salarial do magistério

O Governo do Estado, através da governadora professora Fátima Bezerra e do secretário de estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC-RN), professor Getúlio Marques, assegura o cumprimento do Piso Nacional do Magistério. Em janeiro de 2020, o Ministério da Educação (MEC) anunciou reajuste de 12,84%. O salário dos profissionais da rede pública da educação básica em início de carreira passará de R$ 2.557,74 para R$ 2.886,24. “Nós continuamos abertos ao diálogo com o sindicato, garantindo não somente o reajuste, como também o pagamento retroativo”, afirmou o secretário. Ele explicou que o percentual proposto pelo MEC está acima da previsão da receita do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação), que financia a rede básica de Educação. Em 2019, o Governo do Estado recebeu R$ 902 milhões e a previsão para este ano é de R$ 926 milhões, ou seja, menos de 3% de aumento. Mesmo diante desse déficit

Claudia Rodrigues sofre convulsão e é encaminhada para a UTI

A  atriz Claudia Rodrigues sofreu uma queda onde acabou tendo uma convulsão na sequência e foi levada para o Hospital Alberto Einstein, em São Paulo, onde acabou sendo internada na Unidade de Terapia Intensiva. De acordo com informações da colunista Fábia Oliveira, do jornal 'O Dia', diagnosticada com esclerose múltipla e com diminuição de parte da massa encefálica, a atriz desenvolveu um edema cerebral, por conta da queda, descoberto pelos médicos nesta quinta-feira (30).  Procurada, a assessoria do hospital confirmou a internação da atriz. Os representantes de Claudia, no entanto, ainda não se pronunciaram oficialmente sobre a nova internação.  No mês de dezembro, a artista foi internada na mesma unidade para tratamento contra a doença degenerativa.Com informações de Notícias Ao Minuto Brasil/Foto:Divulgação