3º Encontro Nacional Mulherio das Letras é realizado em Natal e conta com o apoio do governo do RN - Salomão Medeiros
Governo do RN

sexta-feira, 1 de novembro de 2019

3º Encontro Nacional Mulherio das Letras é realizado em Natal e conta com o apoio do governo do RN

O Rio Grande do Norte é sede do 3º Encontro Nacional Mulherio das Letras. A abertura oficial ocorreu na manhã desta sexta-feira (01) e o evento transcorrerá até domingo (03), nas instalações da Cidade da Criança, no bairro do Tirol, em Natal. A entrada no parque tem o valor simbólico de R$ 1. 

O encontro reúne escritoras, produtoras culturais, pesquisadoras em literatura e nas áreas de defesa da mulher e sua diversidade de todo o país. Nos três dias, haverá feirinhas de artesanato, mostras e exposições de livros e artes visuais.
Na abertura do Encontro, a governadora Fátima Bezerra destacou a importância do evento para a difusão da cultura da paz através da leitura e da importância da biblioteca. 

“A gente precisa cada vez mais difundir a cultura da democracia e da não violência. É com imensa alegria que recebemos o Congresso, principalmente quando o Rio Grande do Norte tem o protagonismo na participação das mulheres em várias áreas como, na política, com o direito ao voto e na eleição da primeira parlamentar, assim como na produção cultural com Nísia Floresta, Dona Militana, Zila Mamede, Risolete Fernandes e na política, como Divaneide Basílio, que hoje exerce mandato de vereadora em Natal".
Fátima Bezerra lembrou que o RN é o único Estado no país governado por uma mulher e este fato é "um simbolismo para o encontro nacional que promove não apenas a produção literária - o que é muito importante - mas também a defesa da liberdade e da educação. É um movimento cultural maravilhoso. Serão três dias muito agradáveis, um alimento para a alma, para a defesa da democracia, do combate ao ódio, ao autoritarismo. Pela difusão da cultura de paz, da responsabilidade e da igualdade. Que o RN seja o território livre da poesia", declarou a Governadora.

A organizadora do Mulherio da Letras no RN, Rejane de Souza, disse que o movimento é construído coletivamente e agrega mulheres favorecendo a produção cultural e a inserção social. Maria Valéria Resende, organizadora nacional do Mulherio das Letras, explicou que o movimento reúne mulheres que lutam por uma sociedade melhor e mais participativa. 

"Reunimos mulheres para construir a nova era com conhecimento, democracia e liberdade". Maria Valéria é vencedora do prêmio Jabuti, nascida em Santos (SP) e radicada na Paraíba, ela é autora de “O voo da Guará Vermelha”, publicado também em Portugal, na França e na Espanha.
 Na abertura do encontro, a governadora esteve acompanhada das secretárias de Estado das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos (SEMJIDH), Armelli Brennand; secretária adjunta da Educação, Márcia Gurgel; e o presidente da Fundação José Augusto, Crispiniano Neto. Também participaram do evento o senador Jean Paul Prates; a representante do mandato da deputada federal Natália Bonavides, Márcia Mello; a vereadora Divaneide Basílio; e a vice-prefeita do município de Nísia Floresta, Hallina Dantas.

PROGRAMAÇÃO

SEXTA

ESPAÇO LIVRE: Intervenções dos Coletivos do Mulherio Nacional

15h às 17h: programação paralela – espaço para crianças

A literatura infantil em foco: rodas de conversas entre escritoras e performances dos livros de literatura infanto-juvenil.

Roda de conversa com contadoras de histórias sob a coordenação da Profª. da UnB Ângela Café.

Participação do Projeto Rio De Leitura – Organização: Angélica Vitalino e Gilvania Machado - Biblioteca da Cidade da Criança

Recitais e Cirandas e intervenções poéticas dos Coletivos.

SÁBADO

8h às 9h: apresentação cultural

Apresentação do Mulherio das Letras do Ceará – Mediação Patrícia Cacau - Biblioteca da Cidade da Criança

9h às 10h: mesa de diálogos: “Precisamos falar sobre feminicídio” no contexto da obra Garotas Mortas, de Selva Almada.

10h às 12h: Rodas de diálogos simultâneos com temáticas próprias. “Literatura, negritudes e intelectualidade: saberes transgressores” – Mediadora: Kapitu Nascimento/ RJ.

“Poesia Marginal e Slams e o Protagonismo das Minorias” – Mediadora: Jeovânia Pinheiro.

“Os Coletivos de Mulheres e suas formas de resistir” – Mediadora: Flauzineide Moura (Presidente da ALAMP) e Maíra Dal’maz (Leia Mulheres/Natal).

“As resistentes mulheres indígenas”. Mediadora: Tânia Lima (UFRN) 13h30 às 14h30: Peça “Ventre de Ostra”, com a atriz Luana Venceslau – Empoderamento. Visibilidade da Mulher no cenário da Dramaturgia – Produção e Autoria: Junior Dalberto. Mediação: Carla Alves.

14h40 às 15h30 – Lançamentos de livros e coletâneas

Livros:

– 3ª Coletânea de Poesias e Prosas: Sou Mulher, Logo Existo!

Amor, Liberdade, Luta e Resistência – Organizadora: Vanessa Ratton – SP – III Encontro Nacional do Mulherio das Letras no RN. SELO: Mulherio das Letras.

– Emancipação Política da Mulher Potiguar de Maria Bezerra – Selo: Amigos da Pinacoteca. COLETÂNEA POETRIX – Editora Aila Mag – CE

– NOVELA: Cercas de Pedra – Escritora Jeanne Araújo/ RN

– O LIVRO DAS MARIAS– Organizadora: escritora Jeovania Pinheiro – PB

– BIOGRAFIA MARIA QUEIROZ BAÍA – exemplo de superação e de luta contra o preconceito. Escritora: Lúcia Eneida – Editora

Offset

– “A mulher e o livro” - Escritora e Editora Ester Alcântara (BA) – Editora Carpe Librum

– Livro de Contos – “Tempo de liberdade” –Escritora Maria Delboni – UFMG

14h às 15h: Cirandas – Mediação Dorinha Timóteo

15h às 17h: oficinas paralelas

– Oficina Criativa – Civone Medeiros -RN

– Poesia, Minimalismo e Poetrix– Escritora Aila Mag – CE

– Todo mundo faz Teatro em sete minutos! – Escritora e editora Vanessa Ratton – SP

– Fanzine Caleidoscópica – Escritora Gilvânia Machado -RN

– Oficina: Festa da Palavra – organização: Patrícia Vasconcelos e Gabriela Vasconcelos – Recife – PE

16h às 17h: Lançamento da Folha Poética do Mulherio – Curadoria Carla Alves

DOMINGO

8h às 9h: Curta-metragem: ‘Indecifráveis’ – Produção audiovisual de Nathalie Alves

10h às 11h: Espaço das cordelistas – Mediadora: Rosa Régis – Saraus - Biblioteca da Cidade da Criança.

11h às 12h: Lançamentos de livros e coletâneas – Auditório 1

– COLEÇÃO MULHERIO –17 livros de bolso individuais, sem temática específica. Karine Silva Oliveira (Karine Bassi) – Belo Horizonte/MG – Organizadora.

– LIÇÕES DE MARIA: O livro faz referência às mulheres e ao seu acordar interior, ao seu despertar. Escritora Maria de Fátima de Araújo Telles – Fortaleza – CE

– DO CASULO À BORBOLETA– “A Poesia da Resiliência e da Autoformação Humana; Do Casulo à Borboleta” – Escritora e poeta Eva Potiguar. Selo Literarte.

– ENSAIOS SOBRE A OBRA DE MARIA TERESA HORTA: o sentido primeiro das coisas – Organização: Conceição Flores – Selo: Escribas

– SARAU DAS MINAS – Gessyka – POETAS E CORDELISTAS

11h30 às 12h30: RODAS DE DIÁLOGOS –

– “Poesia, Menopausa e Sororidade: o desafio da maturidade” – Mediadora: Maria Teresa Moreira

– “A cultura do vídeo e novas formas de divulgação da escrita de mulheres” – Mediadora: Valesca Asfora (Moenda Arte e Cultura/PB)

– “A literatura potiguar feminina: vozes de resistência” – Mediadora: Eliete Marry/RN.

– “Mercado editorial/cultural e cadeia produtiva independente da produção literária feminina: avanços e desafios” – Mediadora: Anna Karine (Selo Editorial Aliás/CE).

14h30 às 15h40: Avaliação do encontro e indicativo da plenária sobre o IV Encontro Nacional do Mulherio das Letras.

16h00: Cantoras Maira Soares e Rosa de Pedra, na Concha Acústica.ASSECOM/RN/Fotos:Elisa Elsie

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários.

publicidade

Redes Sociais

Siga para ficar mais próximo do blog.