Incêndio sob controle: em Patu, governadora visita posto de comando da Operação Santuário do Lima - Salomão Medeiros
Governo do RN

sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Incêndio sob controle: em Patu, governadora visita posto de comando da Operação Santuário do Lima

A atuação de voluntários tem se somado ao Corpo de Bombeiros Militares e à Defesa Civil no combate aos inúmeros focos de incêndios em Patu, na operação denominada Santuário do Lima, na cidade de Patu. 

Desde segunda, foram combatidos 317 focos de incêndio. Logo que subiu à serra do Lima, no final da tarde desta sexta-feira (20), a governadora Fátima Bezerra se reuniu com o comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN) e comandante da operação, coronel Monteiro Júnior, para se inteirar acerca do trabalho que vem sendo realizado ininterruptamente durante a semana para combater o fogo na mata.
"Eu venho aqui agradecer ao povo de Patu e de toda a região pelas lições de solidariedade que vocês nos deram ao longo dessa semana. É assim, de mãos dadas, que vamos construindo dias melhores para Patu e para todo o Rio Grande do Norte. Aos nossos bombeiros militares e aos voluntários, reconhecemos de coração o gesto de bravura e coragem para debelar os focos de incêndio", disse Fátima. Ela falou após a palavra de agradecimento, seguida de oração, ministrada pelo padre Telmo Feitosa, no Santuário do Lima, dedicado à Nossa Senhora dos Impossíveis.

O Governo do Estado e o CBMRN conseguiram controlar grande parte do fogo, mas segue monitorando e combatendo outros focos de incêndio na serra. Mais de 200 pessoas envolvidas na força-tarefa entre militares e voluntários. Além do combate propriamente dito, os voluntários têm trabalhado para arrecadar donativos.
O coronel Monteiro ressaltou a atuação do voluntariado e afirmou que, em seus 25 anos de carreira, essa foi a primeira vez em que testemunhou uma população tão consciente de seu patrimônio ambiental. "Nós nos sentimos honrados em estar trabalhando com a presença de vocês voluntários. Essa integração é importante e a união tem sido salutar para que consigamos manter o controle e em pouco tempo esperamos cessá-lo", afirmou.

Segundo ele, o sinistro pode ter sido gerado de várias formas. Desde alguém que tenha lançado fogos de artifício, ou caçador que não apagou sua fogueira, ou uma queimada descontrolada. "É o tipo de incêndio muito difícil de controlar, pois está diretamente ligada às condições no tempo. E estamos no período de seca e na temporada de ventos", explicou. A mata é densa e seca e entre 400 a 600 metros de altitude.
Durante a reunião, o coordenador da Defesa Civil estadual, coronel Marcos Carvalho, explicou que auxiliou o prefeito Rivelino Câmara a elaborar o decreto de emergência, que vai ajudar na obtenção de recursos federais para reestruturar a Defesa Civil Municipal e criar uma brigada de incêndio com bombeiros civis, treinados pela Defesa Civil Estadual e pelo Corpo de Bombeiros. "Esperamos que não ocorra outro evento desse porte, mas sabemos que estamos numa área propícia a incêndios devido ao período de seca e ventos", afirmou.

Dentre os bombeiros militares atuantes na Operação Santuário do Lima, há a presença de novos praças formados neste mês, entre eles, a soldado Ana Paula Targino, que estreia na profissão em uma importante missão. "Tem sido um aprendizado gigantesco. Após um ano de treinamento, pegamos justamente esta missão. O terreno é muito acidentado. Temos colocado uma bolsa costal com 20 litros de água. O acesso é difícil, mas é muito gratificante sair de lá sabendo que a gente ajudou pelo menos um pouco a combater o incêndio", declarou.

O combate ao fogo teve início na Serra do Lima na última segunda-feira (16), por volta das 15h, com equipes do Corpo de Bombeiros das cidades de Pau dos Ferros e Caicó. Mais de 40 militares da capital e de Mossoró foram enviados para somar na força-tarefa junto aos voluntários. Somam à equipe quatro oficiais, sob o comando do coronel Monteiro.

Participaram da reunião com a governadora a deputada estadual Isolda Dantas, o prefeito Rivelino Câmara, os vereadores de Patu, Tiago Queiroga e Ana Carla Cavalcante, e o vereador de Mossoró, João Gentil, que é natural de Patu.ASSECOM/RN/Fotos:Elisa Elsie

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários.

publicidade

Redes Sociais

Siga para ficar mais próximo do blog.