VI Encontro do Programa Água Doce promove gestão integrada de abastecimento - Salomão Medeiros
Governo do RN

quinta-feira, 27 de junho de 2019

VI Encontro do Programa Água Doce promove gestão integrada de abastecimento

O Governo do Estado, através da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos - Semarh, e em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), realiza nesta quinta-feira, 27, o VI Encontro Estadual do Programa Água Doce (PAD). 

O evento acontece na Escola de Governo e conta com a presença do coordenador de dessalinização de águas do MDR, Alexandre Saia, secretário de estado do meio ambiente e dos recursos hídricos, João Maria Cavalcanti, gestores municipais da Saúde, Educação e Agricultura, representantes das comunidades atendidas, além de consultores do programa nas esferas nacional e estadual.

Com o tema “O Papel dos Estados, Municípios e Comunidades na Gestão Compartilhada dos Sistemas de Dessalinização com Foco na Saúde e Educação”, as discussões tratam da função de cada ator na gestão compartilhada dos sistemas de dessalinização.
São abordados dois aspectos principais: a operação dos sistemas e sua institucionalização como equipamento social para atender com água de qualidade os usuários dos serviços públicos de saúde e educação.

Na abertura do encontro, a governadora Fátima Bezerra destacou o PAD como um dos programas mais importantes da administração “por que garante um direito universal, o direito à água, a quem mais precisa e nas comunidades mais distantes”.

A governadora informou que está solicitando ao MDR recursos no montante de R$ 30 milhões para a implantação de mais 150 sistemas de abastecimento dentro do PAD. “Falei com o ministro Canuto e mostrei a necessidade do nosso estado e do nosso povo. Água é direito humano imprescindível e não há desenvolvimento econômico e social sem acesso à água de qualidade”, declarou Fátima Bezerra.

Ela citou os esforços do Governo do Estado para a conclusão das obras da Barragem de Oiticica, em Jucurutu. “Se o Governo Federal não atrasar os repasses, nós vamos concluir Oiticica este ano e entregar com água em 2020”, afirmou. 

Fátima Bezerra ainda destacou a importância de o Governo Federal concluir as obras da transposição de águas do São Francisco nos dois canais que irão beneficiar o Rio Grande do Norte. “Já apresentamos ao MDR o plano de interligação de bacias que irá permitir a segurança hídrica e a distribuição das águas do São Francisco que deverão atender 60 municípios”.

O coordenador de dessalinização de águas do MDR, Alexandre Saia, disse que o governo do RN desenvolve o PAD com muita responsabilidade e dá total apoio à implantação dos sistemas que beneficiam as comunidades mais carentes proporcionando disponibilidade de água e segurança hídrica.

PROGRAMAÇÃO

• Palestras pela equipe nacional do PAD e pela coordenadora estadual, a socióloga Dilma Lucas.

• Mesas redondas com representantes das comunidades e com representantes das gestões municipais atendidas.

• Curso de operação dos sistemas de dessalinização, ministrado por técnicos do MDR.

O PROGRAMA ÁGUA DOCE NO RN

• É um convênio entre o Governo do RN e MDR no valor de R$ 24 milhões para dar acesso à água de boa qualidade para consumo humano, por meio da implantação/recuperação de sistemas de dessalinização em comunidades distantes das áreas urbanas nos municípios do semiárido.

• Ao todo serão implantados 103 dessalinizadores, beneficiando mais de 30 mil pessoas. Desse total, 68 já foram entregues e 11 estão em andamento nos municípios Pureza, Macau, João Câmara, Pedro Avelino, Pendências, Governador Dix-Sept-Rosado, Janduís, São Miguel do Gostoso e Parazinho.ASSECOM/RN/Foto: Elisa Elsie

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários.

publicidade

Redes Sociais

Siga para ficar mais próximo do blog.