Governo requisita R$ 2,8 milhões para ampliar segurança na ponte Newton Navarro - Salomão Medeiros
Governo do RN

quarta-feira, 29 de maio de 2019

Governo requisita R$ 2,8 milhões para ampliar segurança na ponte Newton Navarro

O Governo do Estado apresentou ao Ministério do Desenvolvimento Regional o projeto para ampliar a segurança da ponte Newton Navarro, em Natal. A obra representa um investimento de R$ 2,8 milhões com o objetivo de prevenir a ocorrência de suicídios no local.

A requisição da verba foi feita pela governadora Fátima Bezerra diretamente ao ministro Gustavo Canuto, em reunião realizada na tarde desta quarta-feira (29) em Brasília-DF. 
“Essa ação de segurança na ponte é um compromisso do nosso Governo. O ministro Canuto foi muito sensível ao nosso pedido e vai analisá-lo o mais rápido possível. Recebi os grupos que estão atuando no importante trabalho de acolher as pessoas na ponte. Precisamos vencer essa situação que aflige a todos nós”, comentou a governadora.

O projeto prevê a ampliação dos guarda-corpos laterais, aumentando a segurança e mantendo a funcionalidade da ponte que conecta as zonas Norte e Leste da capital. “Com essa obra a ponte teria toda a segurança para evitar suicídios”, explica o secretário de Estado da Infraestrutura, Gustavo Rosado, que participou da reunião.
A governadora e o secretário ainda trataram de outras ações de infraestrutura no estado que contam com a participação do Governo Federal, como o programa Pró-Transporte e obra de reestruturação viária da Avenida Engenheiro Roberto Freire. A reunião também contou com a presença dos secretários nacionais de mobilidade e Serviços Urbanos, Jean Carlos Pejo, e Segurança Hídrica, Marcelo Borges.

As obras do Pró-Transporte na Zona Norte de Natal se arrastam há vários anos e necessitam de R$ 50 milhões para a conclusão das duas etapas restantes. Fátima requisitou ao ministro a ampliação do financiamento. “Precisamos dar continuidade a esse trabalho de melhoria na mobilidade urbana da Zona Norte, beneficiando milhares de pessoas não só da região, mas também da Região Metropolitana. Certamente agora, com esse pedido, vamos conseguir essa verba e concluir a obra”, disse a governadora.

Roberto Freire-Ao longo de quase dez anos, impasses travaram a execução da obra de readequação viária da Avenida Engenheiro Roberto Freire, na Zona Sul de Natal. Recentemente, a Caixa Econômica Federal, responsável por financiar o investimento de R$ 72 milhões, comunicou ao Governo a necessidade de apresentar um novo projeto de execução em até de 30 dias ou a verba não estaria mais disponível. O comunicado seguia uma determinação do Ministério do Desenvolvimento Regional para tratar do financiamento.
Por isso, a governadora Fátima Bezerra foi ao ministério requisitar a manutenção da verba para o investimento. “A equipe do ministério vai analisar nosso pedido e Governo vai fazer sua parte, que é trabalhar para garantir a verba”, pontuou a chefe do Executivo.

A Secretaria de Estado da Infraestrutura será a responsável pela reformulação no projeto. “Neste momento a nossa tarefa principal é cumprir as requisições garantir o financiamento”, afirmou o secretário Gustavo Rosado.

No dia 15 de maio a governadora Fátima Bezerra recebeu membros da Fecomércio-RN, Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do RN (FCDL-RN) e representantes de diversas entidades ligadas ao comércio, hotelaria, restaurantes e bares da região de Ponta Negra para discutir a obra na avenida Roberto Freire. 

Pela falta de consenso ao redor da obra, o Governo buscou o ministério para tentar assegurar o valor por mais tempo e readequar o investimento em outras ações para melhorar o tráfego na região em parceria com a Prefeitura de Natal. O planejamento prévio indica a realização de ações como a recuperação asfáltica da avenida, reorganização do trânsito e intervenções em vias paralelas.Fotos:Derick Nunes e Ricardo Borges/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários.

publicidade

Redes Sociais

Siga para ficar mais próximo do blog.