Santos bate Atlético-MG e volta a vencer após cinco rodadas - Salomão Medeiros

TCM Internet e TV

publicidade

sábado, 24 de novembro de 2018

Santos bate Atlético-MG e volta a vencer após cinco rodadas

Em um jogo que marcou a despedida do volante Renato da Vila Belmiro, o Santos derrotou o Atlético-MG por 3 a 2, em casa, pela abertura da 37ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O resultado fez com que o time voltasse a vencer após cinco rodadas de jejum. A última vitória havia sido contra o Fluminense por 3 a 0, no dia 27 de outubro.

Depois, vieram as derrotas contra o Palmeiras, Chapecoense, Flamengo, América-MG e um empate contra o Botafogo.
Neste sábado, Sánchez abriu o placar para o Santos logo aos 2 minutos de jogo. No entanto, o ex-santista Ricardo Oliveira empatou aos 16.

Ainda no primeiro tempo, Felippe Cardoso, aos 33, e Gabriel, aos 36, fizeram 3 a 1 para o time da Vila Belmiro. Na etapa final, Ricardo Oliveira voltou a marcar, aos 10.

O Santos ainda perdeu Sánchez expulso, mas o Atlético-MG não conseguiu chegar ao empate.

O volante Renato, que recebeu homenagens no começo do jogo e no intervalo, começou o duelo entre os reservas e entru em campo aos 36 do segundo tempo.

O Santos ocupa a nona posição com 50 pontos, e o Atlético, a sexta, com 56.

SANTOS-Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Dodô; Alison, Carlos Sánchez e Diego Pituca; Felippe Cardoso (Rodrygo), Gabriel e Derlis González.

T.: Cuca.

ATLÉTICO-MG-Victor; Emerson (Patrick), Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Matheus Galdezani, Elias, Luan (Lucas Cândido) e Cazares; Yimmi Chará (Terans) e Ricardo Oliveira.

T.: Levir Culpi.

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Assistentes: Rafael da Silva Alves e Jorge Eduardo Bernardi (ambos do RS)

Cartões amarelos: Dodô, Alison Diego Pituca e Gabriel (SAN); Cazares (CAM)

Cartão vermelho: Carlos Sánchez (SAN)

Gols: Sánchez (SAN), com um minuto do primeiro tempo, Ricardo Olivera (CAM), aos 16 minutos do primeiro tempo, Felippe Cardoso (SAN), aos 33 minutos do primeiro tempo, Gabriel (SAN), aos 36 minutos do primeiro tempo, e Ricardo Oliveira (CAM), aos sete minutos do segundo tempo. Com informações da Folhapress/Foto:DR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários.

Redes Sociais

Siga para ficar mais próximo do blog.

Recentes

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *