"Outro lado está desesperado e quer vencer sem debater", diz Haddad na Bahia - Salomão Medeiros

TCM Internet e TV

publicidade

sábado, 6 de outubro de 2018

"Outro lado está desesperado e quer vencer sem debater", diz Haddad na Bahia

Em seu ato final de campanha antes do primeiro turno da eleição presidencial neste domingo (7), o candidato Fernando Haddad (PT) afirmou que os aliados de Jair Bolsonaro (PSL) "estão desesperados" com a possibilidade de um segundo turno entre os dois candidatos.

"O outro lado está desesperado. Acham que se Bolsonaro tiver que debater [num segundo turno], ele vai derreter. Querem decidir a eleição sem debate e isso é ruim para a democracia", afirmou o petista.

Haddad participou de uma caminhada em Feira de Santana, segunda maior cidade da Bahia com 600 mil habitantes, ao lado do governador da Bahia Rui Costa (PT). 

Na carroceria de uma picape, acenou para eleitores, vestiu um chapéu de vaqueiro e empunhou uma bandeira do Brasil durante o trajeto de cerca de três quilômetros.
Aliados do governador afirmaram que a cidade foi escolhida após a campanha petista ter detectado um crescimento das intenções de voto em Jair Bolsonaro nas últimas semanas. 

Na última quinta-feira (4), o candidato a governador José Ronaldo (DEM), que é ex-prefeito de Feira de Santana, anunciou apoio a Bolsonaro já no primeiro turno. 

Em um vídeo gravado junto com o governador Rui Costa, Haddad mirou os eleitores evangélicos, segmento no qual vem perdendo espaço. Repetiu ser neto de um líder religioso e pediu para que os eleitores não acreditassem em boatos disseminados nas redes sociais.

O governador da Bahia Rui Costa foi além e disse que Haddad, assim como ele, defende os valores da família e da fé em Deus. 

Em entrevista à imprensa, prometeu "enquadrar os bancos" para que eles baixem os juros cobrados ao consumidor. Também anunciou que, caso eleito, a Polícia Federal atuará como uma espécie de coordenadora das demais das polícias do país.Com informações da Folhapress/Foto:Ricardo Stuckert/Flickr-Haddad Oficial

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários.

Redes Sociais

Siga para ficar mais próximo do blog.

Recentes

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *