"Maldade" classifica Richarlyson sobre boato de homossexualidade - Salomão Medeiros

domingo, 23 de setembro de 2018

"Maldade" classifica Richarlyson sobre boato de homossexualidade

O polivalente jogador Richarlyson, 35, concedeu entrevista ao programa “Aqui com Benja”, do canal “Fox Sports”, e falou sobre o boato acerca de sua suposta homossexualidade. Para o atleta, isso prejudicou um pouco carreira dele uma vez que o assunto foi usado de maneira “maldosa”.

"Para quem tem entendimento, para quem tem a cabeça aberta, não vai prejudicar em nada. Mas quem não tem? Imagina minha mãe indo pra qualquer lugar e apontam: 'olha lá, a mãe do...'. Isso não é legal. Mesmo que eu seja, as pessoas são maldosas, pegam o lado negativo para depreciar as conquistas. Volto a falar que não é negativo, mas usaram de forma maldosa", desabafou o atleta.
No papo, Richarlyson também revelou que está magoado com o São Paulo, que o deixou de fora da calçada da fama do clube, inaugurada em agosto. Recorda-se que Ricky, como é chamado pelos amigos, jogou no Tricolor entre 2005 e 2010, e conquistou títulos importantes, como três Campeonatos Brasileiro e um Mundial de Clubes da Fifa.

"Isso me magoou. Eu não sou mais que ninguém, mas se é por mérito, na questão de título, de identificação com o São Paulo... Estão jogadores ali que têm um título só. Eu tenho vários. Claro que isso não vai mudar minha história lá. Muita gente me mandou comentários nas redes sociais, alguns meio grosseiros. Mas o importante pra mim é que o São Paulo vai ter 300 anos e minha história vai estar lá. Eu não posso falar uma coisa que eu não sei qual foi o critério. Eles têm o direito de colocar quem eles querem, mas é claro que me magoou", explicou o irmão de Alecsandro.

Richarlyson está sem clube desde que deixou o Cianorte, do Paraná, e tem se dedicado ao crossfit. O jogador disse que ainda não está oficialmente aposentado, mas deixou claro que está chegando a hora de ele parar de vez.

"Parei de jogar. Oficialmente mesmo, ainda não, mas estou querendo. Se não tiver uma coisa legal, que seja bom pra mim, eu prefiro parar. Eu estava comentando com a minha família, com alguns amigos, que minha carreira foi legal. Não adianta estar jogando para dizer que estou jogando, tem que ser alguma coisa bacana para continuar na carreira vitoriosa que tive", finalizou.Notícias Ao Minuto/Foto:REUTERS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários.

Redes Sociais

Siga para ficar mais próximo do blog.

Recentes

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *