Prefeito de Bariri preso por estuprar criança em SP teria se passado por policial - Salomão Medeiros

TCM Internet e TV

publicidade

domingo, 22 de abril de 2018

Prefeito de Bariri preso por estuprar criança em SP teria se passado por policial

O caso do prefeito de Bariri (SP), Paulo Henrique Barros de Araújo (PSDB), que foi preso após estuprar uma criança de 8 anos, ganhou mais um capítulo neste domingo (22). 

O suspeito, detido nesse sábado (21), no Vale do Igapó, em Bauru, no interior do estado, fingiu ser um policial para convencer a vítima a entrar no carro dele. A informação foi confirmada pela irmã da menina, Josiele da Silva. 
Apesar de ter confessado o crime, no dia da prisão, a versão contada por ele foi outra, durante audiência de custódia, que aconteceu hoje. O político, que permanecerá preso até o término das investigações, negou todas as acusações. Procurado pelo G1,o advogado de defesa do prefeito, Humberto Pastrello, não comentou sobre o ocorrido. 

Para convencer a garota, Paulo disse que um ladrão estava no bairro e que por segurança era melhor ela entrar no veículo. "As vizinhas viram. Diz que ela parou, começou a gesticular e conversar. Nisso ele desceu, pegou a criança e colocou no carro. Travou com o vidro escuro e foi embora a milhão", afirmou Luana Garcia, prima da criança, em entrevista à TV TEM. Foto:Roberto Coletta/Arquivo pessoal 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários.

Redes Sociais

Siga para ficar mais próximo do blog.

Recentes

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *