“Eu não serei mais candidata”,afirma empresária e socialite Iolanda Costa - Salomão Medeiros

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

“Eu não serei mais candidata”,afirma empresária e socialite Iolanda Costa

“Eu não serei mais candidata”, a afirmação partiu na semana passada quando a ex-candidata a prefeita de Felipe Guerra nas eleições de 2012, a empresária e socialite Iolanda Costa, ex-PMDB rompeu o silêncio de mais de três anos e esteve falando com exclusividade ao Blog Salomão Medeiros.


Bem vista em sociedade felipense, ela que veio de família humilde e que atualmente comanda a maior farmácia da cidade de Felipe Guerra, além de uma loja multimarcas de roupas masculina e feminina “Soberana”.

“Quero cuidar do meu comércio, viver, puder viajar e encaminhar meus filhos para viverem melhor”, afirmou ela entusiasmada sobre o casal de filhos que tem com o ex-tesoureiro José Ailton Costa.

Bastante cortejada pelo Deputado Federal Beto Rosado, o mesmo já chegou a fazer convite para a ex-candidata a comandar o Diretório Municipal do PP em Felipe Guerra, mas ela não aceitou o convite e já no ano passado pediu desfiliação do PMDB.


Ex-candidata a prefeita, empresária e socialite Iolanda Costa afirmou que irá cuidar do casal de filhos Lara e Iago e pretendendo viver mais e melhor
Ex-candidata a prefeita, empresária e socialite Iolanda Costa afirmou que irá cuidar do casal de filhos Lara e Iago e pretendendo viver mais e melhor

“Gosto de política, mas chega um ponto quando somos decepcionados, principalmente por traição que acabamos de ver muitas coisas e tudo tem começo, meio e fim”, ressaltou ela embora não quisesse dar maiores detalhes do porque estava não se ausentando da política, mas sim, afirmando que não tem mais pretensões de ser mais candidata.

Adiantou ela que tem um casal de filhos, sendo o mais velho, recente formou-se em farmacêutico Iago Tavares Costa.

Sobre o convite do filho dela vim a ser o possível nome a compor chapa de vice-prefeito na chapa com o atual prefeito de Felipe Guerra e candidato à reeleição Haroldo Ferreira, ela foi enfática afirmando “Nunca recebi qualquer convite para meu filho Iago ser candidato”, reafirmou acabando com as especulações sobre essa possibilidade.

Tida como uma espécie de “salvadora” da pátria de ex-grupo político que já estava em fase terminal no ano de 2012 quando lançaram ela, talvez até uma forma de pode-la tê-la como uma continuidade umbilical da salvação de tantas mazelas sociais produzidas ao longo de mais de três décadas quando o sistema perverso,perseguidor e um dos maiores aniquiladores do desenvolvimento econômico de Felipe Guerra.

Com uma postura diferente do então sistema do qual lhe apoiou, a ex-candidata, empresária e socialite Iolanda Costa constitui em mais de duas décadas uma fortuna, o qual devido sua credibilidade lhe credenciou a ser a candidata a sucessão de prefeito no ano de 2012 quando o então prefeito Braz Costa estava em níveis insustentáveis de dar prosseguimento a uma desastrosa administração, deixando para o sucessor uma infinidade de atrasos e uma ineficiente estrutura sucateada e sem as menores condições de funcionar a nova gestão.

Entre os primos ex-prefeitos Hugo Costa e Braz Costa,houve o revezamento da malversação do dinheiro público, corrupção, sistema de agiotagem, comércio local inexistente, escolas sem as mínimas condições de funcionarem, pagamento de transporte escolares virando ferro velho, uma saúde caótica e o pagamento do funcionalismo público municipal chegando a ficar com mais de cinco meses de atrasos.

Dessa desgraça da herança maldita deixada pelos primos ex-prefeitos Hugo Costa e Braz Costa, o desenvolvimento econômico de Felipe Guerra ficou estagnado anos-luz na contramão de um novo tempo, passando de praxe da parte deles dois, a existência numa clara demonstração de secretarias funcionando somente no papel para acomodação e beneficiamento de aliados do sistema perverso, perseguidor e terrível para beneficiamento e criação de seus “seguidores”.

“Não concordo com o pensamento das pessoas que pelo fato de eu ter sido adversária de Haroldo Ferreira ter que achar que hoje a cidade de Felipe Guerra e a administração dele está pior do que as administrações anteriores”,disse ela esclarecendo que é adversária política,mas que as pessoas tem que entender que é preciso,sim,reconhecer quando nossos adversários estão fazendo uma boa administração,mencionando a parte principal que é questão do pagamento do funcionalismo público municipal em dia e o meio circulante do dinheiro nos fins de mês.

Afirmou ela que apesar dos demais outros adversários é preciso reconhecer que a cidade de Felipe Guerra, atualmente está melhor para se viver, embora diante da crise financeira que tem assolado o Brasil.

“Qualquer pessoa, por mais leiga que possa ser sobre política sabe que hoje está melhor do que antes”, foi enfática ela, além de dizer que não só os comerciantes, mais as pessoas estão sentindo o efeito de quando sabem que todos os meses os funcionários estão recebendo o seu salário em dia, podendo se programar para poderem desfrutar do seu trabalho.

Mesmo diante do processo traumático que lhe deixou depois do resultado eleitoral de 2012 quando foi derrotada por 191 votos para o então candidato a prefeito Haroldo Ferreira, todo mundo sabe que as sequelas e magoas maiores foi em relação ao seu cunhado, o ex-prefeito Hugo Costa, em quem ela sempre confiou e foi traída quando menos esperava da parte dele.

“Não me acho derrotada”, exclamou ela que sempre se manteve fiel ao sistema do qual fora beneficiado quando o esposo esteve no poder como tesoureiro da Prefeitura Municipal de Felipe Guerra por mais de uma década, apesar de ser traída e apunhalada pelas costas pelo seu cunhado, ex-prefeito Hugo Costa.

A mãe de Iolanda Costa, Dalva Tavares na eleição de 2008 votou no então candidato a prefeito pela oposição, médico Canindé de Freitas, à época afirmava “Nunca tinha votado nesse lado”, dizia ela que passou a ter pela cor “vermelha” uma paixão.

Já na eleição de 2012, Dalva Tavares voltou a votar no “verde bacurau” quando sua filha empresária e socialite Iolanda Costa foi candidata.

Das traumáticas traições e decepções impostas à família de Iolanda Costa pelo seu cunhado ex-prefeito Hugo Costa, desencadearam um verdadeiro rebuliço no seio da família quando a mãe dela, Dalva Tavares confirma que estará pronta para votar no pré-candidato à reeleição, Prefeito Haroldo Ferreira.Foto:Divulgação

Redes Sociais

Siga para ficar mais próximo do blog.

Recentes

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *