Haroldo Ferreira e Braz Costa são desprezados no meio da multidão - Salomão Medeiros

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Haroldo Ferreira e Braz Costa são desprezados no meio da multidão


Eles caminharam sozinhos, entre milhares de pessoas que fazem parte somente de mais um número perdidos no meio da multidão, sem ao menos seus nomes serem citados em material divulgado na imprensa pela assessoria de Henrique Alves


Enquanto aconteceu pela segunda vez consecutiva da à assessoria de imprensa do candidato ao governo do estado do Rio Grande do Norte, Henrique Alves (PMDB) já marcou “passagem” pela cidade de Felipe Guerra e depois é desmarcado sem ao menos ser informado posteriormente os reais motivos.


O Blog Salomão Medeiros apurou que devido o acirramento político entre os dois grupos, principalmente do PMDB local de Felipe Guerra e o do prefeito Haroldo Ferreira não ter chegado a um consenso para receber o bacurau móvel, o carro oficial, onde o candidato e suas lideranças locais em cada cidade que passam são pequenos demais para comportar “muitas” pessoas de Felipe Guerra de ambos os lados que estão em pé de guerra para batizar de quem será o palanque principal de Henrique Alves na cidade.


De um lado está o ex-prefeito Braz Costa (PMDB) que apóia os dois deputados Gustavo Fernandes (PMDB) e Walter Alves (PMDB), ambos um candidato a reeleição e outro a câmara federal, respectivamente, sendo que este último filho do senador licenciado e Ministro da Previdência, Garibaldi Filho, há quem segundo a fonte já estiveram intermediando e cobrando posição da coordenação de campanha de Henrique Alves, apontando que posteriormente caso viessem a Felipe Guerra o palanque do candidato é o do PMDB.

Em Caraúbas,no meio da multidão Haroldo Ferreira fez fotos com Henrique Alves e andou na parte de traz do Bacurau Móvel

Segundo a fonte, houve conversas da parte dos deputados Gustavo Fernandes e Walter Alves, ambos garantiram inclusive em passagem por Felipe Guerra que caso acontecesse à vinda de Henrique Alves à cidade o palanque do candidato é do PMDB e “Não do prefeito Haroldo Ferreira que nunca guardou fidelidade política com ninguém”, informou ainda, relatando a biografia do prefeito que foi eleito pelo PSD e depois sem nenhum motivo trocou de partido indo para o PROS por questões de conveniências, deixando de lado a lealdade, coerência, gratidão e retidão com quem ajudou ele (referiu-se ao vice-governador Robinson Faria).


Assim como aconteceu na cidade de Pau dos Ferros, onde Henrique Alves teve que discursar no palanque do grupo do ex-prefeito Nilton Figueiredo e Elias Fernandes e em seguida foi ao encontro do grupo adversário, sendo este do deputado Getúlio Rêgo e seu filho ex-prefeito de Pau dos Ferros, Leonardo Rêgo.


“Henrique Alves não vem mais a Felipe Guerra e acho até melhor ele nem vim mais. Se ele vier do jeito que está essa situação de acirramento ele vai perder muitos votos”, confirmou um vereador do sistema do governismo municipal de Felipe Guerra.


Já no último sábado, dia 20 de Setembro de 2014 quando da passagem da caravana da mudança na região Oeste, entre as cidades de Apodi,Campo Grande e Caraúbas,um fato chamou a atenção.


Do release enviado à imprensa do Rio Grande do Norte sob o título “Cidades do Médio Oeste promovem as maiores manifestações de apoio a Henrique e Wilma”, em nenhum momento o nome do prefeito Haroldo Ferreira e do ex-prefeito Braz Costa, ambos de Felipe Guerra foram citados deixando bem claro que a coordenação de campanha de Henrique Alves sabe do acirramento político existente em Felipe Guerra por ambos os lados que disputam de quem deveria ser o palanque do candidato do PMDB ao governo do RN na cidade.



Haroldo Ferreira (lado esquerdo) na parte de traz do Bacurau Móvel com um copo na mão possivelmente bebendo água
A exemplo de Pau dos Ferros e de outras cidades onde existem acirramentos políticos, na passagem por Caraúbas, Henrique Alves foi recebido pelo o empresário Ademos Ferreira, seu irmão prefeito Ademar Ferreira e articulador político Ferreira Júnior, mais conhecido como Ferreirinha.


Em seguida o grupo político do ex-prefeito de Caraúbas,empresário Eugênio Alves recebeu  Henrique Alves. Nas duas manifestações na terra dos caraubenses, o povo estava vestido de verde simbolizando a cor do PMDB que está no comando da prefeitura e do lado do ex-prefeito Eugênio Alves que tem tornado-se adversário ferrenho ao sistema do governismo municipal, a cor usada era o azul, símbolo do PR do candidato a compor a chapa de vice-governador, deputado federal João Maia que é o líder maior da família Alves, composta do ex-prefeito Eugênio Alves e seu irmão vereador Juninho Alves.


De nomes de vereadores das cidades de Apodi,Campo Grande e Caraúbas,além de nomes de ex-prefeitos foram citados no release para a imprensa.Seria sinal de que o nome do prefeito de Felipe Guerra,Haroldo Ferreira não cheira bem para a cúpula estadual do PMDB? Ou o que estaria acontecendo que o nome do ex-prefeito Braz Costa (PMDB) também não foi citado?.Entre milhares de pessoas, o ex-prefeito e o prefeito fizeram apenas parte das estatísticas de números de pessoas no meio da multidão. Apenas os dois fizeram fotos e foram divulgados em redes sociais e em outros locais como pessoas comuns no meio da multidão.


De trocas de acusações na imprensa entre Braz Costa e Haroldo Ferreira já saiu de corrupção, perseguição, humilhação, prepotência, arrogância e mais outros termos entre os dois.Fotos:Tiago Lima/Divulgação/Assessoria de Imprensa Henrique Alves

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários.

Redes Sociais

Siga para ficar mais próximo do blog.

Recentes

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *