Troca de acusações em Felipe Guerra demonstra clima antecipado de sucessão de prefeito em 2016 - Salomão Medeiros
publicidade

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Troca de acusações em Felipe Guerra demonstra clima antecipado de sucessão de prefeito em 2016

Não seria estranho conforme já foi noticiado em primeira mão há mais de três meses pelo Blog Salomão Medeiros que a “união política” entre o ex-prefeito Hugo Costa e o Prefeito Haroldo Ferreira, ambos de Felipe Guerra acabaria antes de ser dado o ponta pé inicial da sucessão estadual de governador do Rio Grande do Norte. 

Numa prova cabal da antecipação da eleição municipal de Prefeito de Felipe Guerra de 2016, ontem Braz Costa começou a fazer troca de acusações contra o prefeito Haroldo Ferreira devido o apoio do PMDB possivelmente ao candidato a governador Robinson Faria (PSD). 

Nessa soma de acusações via imprensa natalense da parte do ex-prefeito e do prefeito, os ânimos deram o tom de como deverá ser a antecipada campanha municipal de governo e posteriormente de prefeito de 2016 na cidade de Felipe Guerra. 

Vários assuntos foram jogados no ventilador numa relação quase inadmissível por parte de ambos os lados, entre atraso, rejeição, perseguição e humilhação no contexto da história política de Felipe Guerra. 
Desejo do Prefeito Haroldo Ferreira é aniquilar de vez os primos ex-prefeitos Hugo Costa e Braz Costa

Braz Costa afirmou que mesmo viesse a votar em Henrique Alves para governador, o candidato ao governo Robinson Faria ganharia de maioria em Felipe Guerra numa alusão e devido ao apoio que o Prefeito Haroldo Ferreira está dando ao candidato a governador Henrique Alves (PMDB). 

Bem ao seu estilo o Prefeito Haroldo Ferreira contra atacou mostrando que encontrou a cidade de Felipe Guerra totalmente abandonada e um dos maiores atrasos sem precedentes em mais de cinqüenta anos de história política de Felipe Guerra, numa referência aos ex-prefeitos Hugo Costa e Braz Costa que respondem a vários processos criminais, além da comprovação de desvios de dinheiro público por parte deles. 

Ele reconheceu o que todo mundo já sabia em Felipe Guerra e fora da cidade, a sua altíssima rejeição, como também apontou vários fatores positivos de sua administração entre salários em dia e dentre outras áreas. 

De ex-adversários tanto da parte de Braz Costa (PMDB) como dos vereadores Genilson Nogueira (PMDB), Joedna Canela (DEM) e Jânio Barra (PP) todos que num passado recente vomitavam e execraram a figura política de Hugo Costa, hoje estão sob o comando dele, além dos seus dois agregados vice-prefeito Paulo Guilherme (Solidariedade) e o vereador Pedro Cabral (Solidariedade), fora eles ainda não se sabe a posição da ex-candidata a prefeita Iolanda Costa (PMDB) sobre que rumo também deverá tomar quanto a sucessão de governo do Rio Grande do Norte. 

O que se pode esperar da eleição estadual de governo em Felipe Guerra será uma prévia do que futuramente os caminhos para 2016 estão contados e com outras histórias diferentes, sabendo-se que a campanha estadual de governo em nível de Felipe Guerra ainda nem se quer começou, além das trocas de acusações pela a imprensa e enquanto isso os eleitores de um lado e de outro vivem e está a espera de começar “a disputa” entre ambos os lados. 

De um lado caminhará o ex-prefeito Hugo Costa que tentará mostrar que é “ainda líder” de um grupo político que poderá ter seus dias contados e decretados seu fim na história política de Felipe Guerra e de outro lado o prefeito Haroldo Ferreira que poderá provar que “acabou” com o ciclo definitivo de uma “administração familiar”, levando consigo em maioria os vereadores Ronaldo Pascoal (PROS), Ubiracy Pascoal (PR), Otoniel Maia (PROS), Djalma Laurindo (PROS) e o Presidente da Câmara Municipal de Felipe Guerra, vereador Salomão Gomes (PR). 

Entre cobras, lagartos e ratos a sucessão estadual deste ano não deve e nem será um termômetro para sucessão municipal de prefeito de Felipe Guerra de 2016. Muitas águas irão rolar e quem viver verá como também não se pode subestimar por enquanto e ainda não existe ganhadores e perdedores até que se abram as urnas e tenhamos um resultado deste ano para os dias vindouros de 2016. Fotos:Salomão Medeiros/Arquivo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários.

Redes Sociais

Siga para ficar mais próximo do blog.

Recentes

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *