Nas Redes

“Estão abusando da paciência do brasileiro” diz Emicida em entrevista

A carreira de Leandro Roque de Oliveira, o Emicida, segue em plena evolução há pelo menos sete anos, quando ele surgiu para o cenário da música brasileira com a mixtape “Emicídio”, percorrendo um longo caminho até o bem-sucedido “Sobre Crianças, Quadris, Pesadelos e Lições de Casa” (2015), seu último álbum de estúdio. 

O disco nasceu a partir de uma pesquisa intrínseca do artista pelo continente africano e conquistou milhões de pessoas Brasil afora nos últimos meses.

Aos 31 anos de idade, Emicida acaba de fazer a sua quinta turnê pela Europa. Durante a passagem por Lisboa (Portugal), no fim de julho, o rapper encontrou um público ávido por rimas tocantes e ainda “esbarrou” com o Notícias ao Minuto Brasil para uma prosa rápida, mas profunda. 
A conversa se desenrolou ao som dos bondes elétricos que desciam e subiam os trilhos das ladeiras do charmoso bairro Chiado.

“Eu sou meio local aqui em Lisboa. Saio andando por aí já, tenho meus camaradas... Não sei andar pela cidade toda, mas também não é um lugar onde eu estranho, né? A proximidade da língua faz você se sentir mais possuidor do lugar também, tá ligado? 

Por exemplo, tem lugares que, embora eu já tenha ido algumas vezes, tipo Köln, na Alemanha, eu não sei circular direito e isso se deve muito por você não conseguir ler as placas aos arredores”, conta Emicida, depois de dizer que frequenta a capital portuguesa desde 2012. Para ler a entrevista completa Veja Aqui! Foto:Raphael Lima/Divulgação 

farol marcas e patentes

Comentários

Os Comentários publicados, são de inteira responsabilidade de quem está comentando por perfil no facebook, não representa o autor nem o blog, isenta totalmente a opinião do autor deste Blog.

Instagram