Nas Redes

Grande Belo Horizonte foi reconhecida como Polo Produtor de cerveja artesanal

Das 61 microcervejarias de Minas Gerais registradas no Ministério da Agricultura, 31 estão concentradas na região metropolitana de Belo Horizonte. 

São marcas que estão ganhando terreno, em um momento de crescente interesse pelo consumo da cerveja artesanal. Para ajudar a alavancar ainda mais este setor, o governo mineiro decidiu classificar a área como um Arranjo Produtivo Local (APL).

O título foi entregue no dia de ontem (22) pela Secretaria Extraordinária de Estado de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais (Seedif). No APL, se reúnem várias empresas de um mesmo segmento e região para atuar de forma cooperada e com mais condições para buscar benefícios e incentivos do poder público como, por exemplo, para a compra de matérias-primas e maquinário.
Segundo o titular da Seedif, Wadson Ribeiro, a decisão é na prática um reconhecimento da região como um polo produtor de cerveja artesanal. Atualmente, o estado possui cerca de 40 APLs. Em maio deste ano, a microrregião de Juiz de Fora também foi considerada um APL voltado à produção de cerveja artesanal.

“Minas Gerais é o segundo maior estado em volume de produção e em número de microcervejarias do Brasil. O APL potencializa a produção, favorece o comércio e a capacitação, além de gerar emprego. Também é um instrumento para promover o turismo da cidade”, diz o secretário.

De acordo com dados do Sindicato das Indústrias de Cerveja e Bebidas de Minas Gerais, o estado produz mensalmente cerca de 1,5 milhão de litros de cervejas artesanais. A entidade estima para este ano um crescimento de 14%.Agência Brasil/Foto:Agência Brasil

farol marcas e patentes

Comentários

Os Comentários publicados, são de inteira responsabilidade de quem está comentando por perfil no facebook, não representa o autor nem o blog, isenta totalmente a opinião do autor deste Blog.

Instagram