Nas Redes

Atletas do Sport Clube Gaúcho são demitidos após vídeo viralizar onde fazem masturbação coletiva

O clube Sport Clube Gaúcho, que disputa a terceira divisão do Rio Grande do Sul, dispensou três dos seus jogadores por terem feito masturbação coletiva no vestiário do time.

Segundo informações do Esporte Fera, o ato foi gravado e gerou repercussão nas redes sociais.

"Não sou guardião da moral e dos bons costumes, não me interessa o que eles fazem ou deixam de fazer. A única coisa que eu fiquei bravo, a única coisa que eu proíbo aqui dentro é foto e filmagem, nada sem nossa autorização", disse Gilmar Pozzo, presidente do clube.
Questionado se a dispensa foi motivada por preconceito,Pozzo disse que quis evitar maiores constrangimentos a eles:

"Imagina quando eles entrassem em campo, o que iam ouvir! (...) Até onde eu sei esses três não são gays, só fizeram [sexo] tirando onda, mas agora eles vão ter que provar que não são".

Embora segundo a declaração do presidente do clube,Gilmar Pozzo que ao chegar a afirma que os atletas ao fazerem masturbação coletiva,que os mesmos não são “gays”,vai de contramão diante de qualquer constatação.

As tais declarações servem de pano de fundo para se fazer uma reflexão,diante da realidade e do que pregam tais tipos de comportamentos e deixando suas respectivas interrogações:homem que é hétero masturbando o pênis de outro homem hétero não é gay?

Imagina se virar moda no Brasil,especialmente no futebol,atletas "héteros" começarem a realizar com maior intensidade "masturbações coletivas",e afirmarem que não são gays.

Afinal nos dias atuais dentro esse tipo de comportamento e de tais atitudes tomadas pelos atletas,cabe uma interrogação: 

Quem são os gays nos tempos atuais? E os héteros que aparecem em um vídeo de dez segundo masturbando dois pênis ao mesmo tempo mesmo que seja para “tirar onda” ? e quererem desmitificar a nova geração de héteros gays escondidos dentro dos seus próprios mundos e dos seus “armários”.

Porque no futebol pode-se fazer tais tipos de “brincadeiras”,por que o que impera é uma sociedade,principalmente no futebol que todo “atleta”,tem seu valores de cachês altos e tem que corresponderem à altura dos respectivos clubes,patrocinadores e dos milhões investidos e a palavra “gay” sempre servirá de motivos de comentários preconceituosos porque afinal,em sua grande maioria o estereótipo dos gays tem que ser somente uma espécie de aberração para tais comportamentos da sociedade no futebol brasileiro? 

Dá para se entender que as questões dos devidos valores da moral e dos bons costumes podem estarem invertidos ou travestidos de determinados comportamentos,mediante uma sociedade que marginaliza os homossexuais.

No vídeo de dez segundos um dos atletas “pega” no pênis de dois atletas e faz a devida masturbação.Para assistir o vídeo Veja Aqui Com informações do Notícias Ao Minuto/Foto:Reprodução/Facebook

farol marcas e patentes

Comentários

Os Comentários publicados, são de inteira responsabilidade de quem está comentando por perfil no facebook, não representa o autor nem o blog, isenta totalmente a opinião do autor deste Blog.

Instagram