Falta de transparência com recursos dos royalties do Petróleo deixa prefeitos “felizes” - Salomão Medeiros

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Falta de transparência com recursos dos royalties do Petróleo deixa prefeitos “felizes”

Uma verdadeira falta de respeito para com a população das cidades que recebem recursos dos royalties do petróleo, de como é usado os recursos, de que forma é usado e principalmente quando a falta de transparência por parte de grande maioria dos prefeitos do estado do Rio Grande do Norte, que recebem milhões de reais todos os anos.

Os recursos dos royalties do Petróleo no estado do Rio Grande do Norte chegam a bater recordes de transferência para os municípios produtos de petróleo, enquanto os recordes aumentam ou diminuem, as populações das respectivas cidades continuam alheia aos montantes dos recursos que recebem e de que forma são aplicados.

Apesar de todo um montante repassado para os municípios pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), grande maioria dos prefeitos usam os recursos da forma como achar “conveniente”, sem o menor interesse de informar a população de como os recursos foi utilizado.
Em maior parcela dos municípios produtores de petróleo, os recursos dos royalties são usados pelos prefeitos para realização de “trabalhos” de infraestrutura, enquanto às cidades que são administradas pelos prefeitos produtores de petróleo às câmaras municipais, os vereadores “aliados” ao poder executivo municipal são maioria e o trabalho de fiscalização na aplicação dos recursos, principalmente quando são aplicados em obras de infraestrutura de “calçamentos” e estradas são desconhecidos pela própria população de que forma foi “aplicado”.

Tem sido uma praxe em algumas cidades produtoras de petróleo quando os recursos dos royalties são usados para pagamentos e fins de uso pessoal, além de pagamento para contas pessoais de gastos políticos. 

Enquanto acontecem quedas na arrecadação de recursos dos royalties, prefeitos mandam “comunicar” via os mais diversos meios de comunicação, mais quando existem aumento na arrecadação não divulgam e nem informam de que forma os recursos foram utilizados.

Já no dia de ontem (24) a Agência Nacional do Petróleo (ANP) divulgou os repasses dos recursos dos royalties dos municípios do estado do Rio Grande do Norte.

Ranking---Município-------Valor:R$

1----------Mossoró----------1.211.762,48

2---------Areia Branca-----927.976,91

3---------Macau------------- 882.614,99

4--------Afonso Bezerra----785.176,38

5--------Grossos-------------782.036,27

6--------Açu------------------771.316,52

7--------Goianinha----------765.527,20

8--------Ielmo Marinho-----765.527,20

9--------Tibau----------------763.955,61

10------Guamaré------------747.769,32

11-----Alto do Rodrigues-747.161,86

12----Apodi------------------732.185,98

13---Gov Dix-Sept Rosado-710.184,54

14---Carnaubais-------------705.304,54

15---Porto do Mangue-----677.771,63

16---Felipe Guerra---------632.164,82

17---Serra do Mel----------586.289,84

18---Macaíba----------------227.598,51

19--Monte Alegre-----------213.545,93

20--Upanema---------------152.598,47

21--Caraúbas----------------134.564,44

22--Pendências-------------18.548,81

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários.

Redes Sociais

Siga para ficar mais próximo do blog.

Recentes

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *