Os oito principais candidatos à presidência da Câmara dos Deputados têm pendências com a Justiça - Salomão Medeiros

terça-feira, 12 de julho de 2016

Os oito principais candidatos à presidência da Câmara dos Deputados têm pendências com a Justiça

Com votação marcada para acontecer nesta quarta-feira (13), a eleição para mandato tempão da presidência da Câmara dos Deputados, os oito dos principais candidatos estão com problemas na Justiça.

Vejam quem são eles:

Beto Mansur(PRB/SP)-O deputado federal Beto Mansur (PRB-SP), possui a maior lista de pendências judiciais entre os 16 pesquisados. Mansur já foi condenado e responde a um processo por exploração de trabalho análogo à escravidão em uma fazenda no interior de Goiás. O caso envolve 46 trabalhadores, sete dos quais eram menores de idade na época. Além disso, Beto Mansur é investigado por supostas irregularidades no período entre 1997 e 2004, período em que foi prefeito Santos.Foto: Zeca Ribeiro/ Câmara dos Deputados. 
Beto Mansur tem maior número de pendências com a justiça

Rogério Rosso(PSD/DF)-O deputado federal Rogério Rosso (PSD-DF) é investigado por peculato e indiciado por corrupção. Os crimes são relacionados ao mandato-tampão como governador do Distrito Federal, em 2010, após um escândalo de corrupção que prendeu o então governador José Roberto Arruda e obrigou o vice, Paulo Octávio, a renunciar.Foto: Nilson Bastian/ Câmara dos Deputados. 
Rogério Rosso é investigado por peculato
Rodrigo Maia(DEM/RJ)-O deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ) não responde a processo. No entanto, teve seu nome envolvido na Operação Lava Jato após aparecer em troca de mensagem de Léo Pinheiro, da OAS, pedindo doações. Maia é alvo de um pedido de inquérito da Procuradoria-Geral da República.Foto: Gustavo Lima/ Câmara dos Deputados.
Rodrigo Maia aparece com seu nome envolvido na Operação Lava Jato
Heráclito Fortes(PSB/PI)-O deputado federal Heráclito Fortes (PSB-PI) teve as contas das últimas eleições reprovadas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do seu Estado. O deputado ainda pode recorrer na ação em que o Ministério Público Eleitoral pede a cassação do mandato. Antes, foi condenado por improbidade administrativa quando era prefeito de Teresina, entre 1989 e 1993, por usar publicidade institucional para fazer promoção pessoal. A Justiça determinou ressarcimento aos cofres públicos.Foto: Lucio Bernardo Jr./ Câmara dos Deputados.
Heráclito Fortes teve suas contas das últimas eleições reprovado pelo TRE do seu estado
Jovair Arantes(PTB/GO)-O deputado federal Jovair Arantes (PTB-GO) foi condenado pelo TRE por utilizar funcionário público em seu comitê de campanha em 2014. Ele foi multado em R$ 25 mil. Ainda cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).Foto:Lucio Bernardo Jr./ Câmara dos Deputados.
Jovair Arantes foi condenado por uso de funcionário público em seu comitê de campanha
Hugo Leal(PSB/RJ)-O deputado federal Hugo Leal (PSB-RJ) foi condenado na Justiça do Rio de Janeiro por violações administrativas em licitações quando foi presidente do Detran no Estado.Foto: Janine Moraes/ Câmara dos Deputados.
Hugo Leal foi condenado em licitações quando foi presidente do Detran no Rio de Janeiro
Esperidião Amim(PP/SC)-O deputado federal Esperidião Amim (PP-SC) responde por improbidade administrativa e dano ao erário.Foto: Luis Macedo/ Câmara dos Deputados.
Esperidião Amim responde por improbidade administrativa e dano ao erário
Fausto Pinato(PP/SP)-O deputado federal Fausto Pinato (PP-SP) é réu em ação no STF acusado de falso testemunho.Foto: Nilson Bastian/ Câmara dos Deputados.
Fausto Pinato é réu em ação no STF acusado de falso testemunho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários.

Redes Sociais

Siga para ficar mais próximo do blog.

Recentes

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *