Ação facilita empresas de turismo no Rio Grande do Norte a obterem crédito setorial - Salomão Medeiros

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Ação facilita empresas de turismo no Rio Grande do Norte a obterem crédito setorial

As empresas do segmento de turismo representam cerca de 7% de todos pequenos negócios do Rio Grande do Norte. Juntamente com o setor de alimentação fora do lar, o número de empreendimentos ultrapassa mais de 3,5 mil empresas. 

Para auxiliar na expansão desses empreendedores , o Sebrae no Rio Grande do Norte e o Banco do Brasil promovem na próxima segunda-feira (27), a Hora do Crédito, um evento semelhante a uma rodada de negócio, apresentando linhas de financiamento atrativas para esse setor e destinadas a donos de pequenos negócios e Microempreendedores Individuais (MEI). 

Para participar, é preciso se inscrever gratuitamente pelo 0800 570 0800. A reserva prévia garante o agendamento com representantes da instituição financeira.

O evento será dividido em dois momentos. No primeiro, os empresários conhecerão as principais soluções de crédito operadas pelo Banco do Brasil e disponíveis preferencialmente para empreendedores proprietários de estabelecimentos turísticos e do setor de alimentos e bebidas. A previsão de início será às 14h30. 
Em seguida, os participantes farão a negociação propriamente dita. Serão ofertados produtos financeiros do Banco do Brasil, destinados a microempresas – aquelas que faturam por ano entre R$ 60 mil e R$ 360 mil - e empresas de pequeno porte, que têm faixa de faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 3,6 milhões. Já os empréstimos direcionados aos MEI serão ofertados pela Movera, entidade do BB que opera microcrédito.

Uma das linhas apresentadas será a Proger Turismo Investimento, que oferta recursos para reforma, modernização e aquisição de máquinas, equipamentos e veículos. Além do valor do financiamento, a empresa ainda pode contar com crédito para incrementar o fluxo de caixa – até 20% do total financiado - na mesma operação. 

Pelas regras, é possível financiar até 90% do projeto, podendo pagar em até 120 meses com carência de até 30 meses para início do pagamento. Dá para obter crédito de até R$ 1 milhão com taxa de juros a partir de 1,36% ao mês.

“O turismo é uma atividade que está entre as bases da economia potiguar e essa ação serve para aproximar das intuições financeiras, no caso, o Banco do Brasil, dos empreendedores do setor que estão buscando capital para custeio das atividades e também investimento”, ressalta o gestor do projeto Setorial de Turismo do Sebrae-RN, Yves Guerra, explicando que uma das vantagens do evento é essa proximidade e a facilidade de fechamento de contrato mais rápido, tendo sanadas todas as dúvidas sobre a linha de crédito.

A ação é importante porque em alguns casos pode representar o ingresso no sistema financeiro. Pesquisa realizada pelo Sebrae em 2015 mostra que a maioria dos pequenos negócios se financia fora do sistema bancário: negociam prazo com fornecedores (67%), usam cheque pré-datado (46%) e especial (29%) e cartão de crédito empresarial (28%), números que mostram que muitos usam mais de um desses recursos.Agência Sebrae Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog estão sujeitos a moderação e não serão publicados: comentário com ofensa pessoal, racismo, bullying ou desrespeito a opinião dos outros e/ou ofensas a outros comentários.

Redes Sociais

Siga para ficar mais próximo do blog.

Recentes

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *