Nas Redes

Dezessete dias sem o Professor Alcivan Medeiros faz população caminhar no “Queremos Justiça” em Felipe Guerra

Um silêncio que perdura dezessete dias aliado a vários questionamentos, fizeram da manhã de hoje, mais uma vez de um dos principais motivos quando Professores, estudantes e população da cidade de Felipe Guerra, região Oeste Potiguar do Rio Grande do Norte, caminharam na Avenida Mira – Selva, impuseram bandeiras, faixas e cartazes pedindo solução para o desaparecimento do Professor Alcivan Medeiros da Silva.
Pela segunda vez que o Movimento “Queremos Justiça” saiu hoje da Escola Municipal Maria Bernadete, entrada da cidade e tendo encerramento,no Largo da Caraíba,quando na oportunidades pessoas da comunidade escolar falaram a respeito do Professor Alcivan Medeiros.

Segundo a funcionária pública municipal, Lidiane Silveira “Estamos a dezessete dias engasgados com um grito de revolta, um grito de apelo para que se faça justiça pela perca irreparável de uma pessoa que sempre lutou por seus direitos e nunca se calou diante da injustiça”, disse ela, prosseguindo com suas palavras “Nosso clamor hoje é para que nos ouça, e veja que essa barbaridade não pode ficar impune. Sabemos que nada trará de volta o nosso amigo e companheiro de luta, e que essa separação material está doendo muito.
Também sabemos que o criminoso deve pagar por tal ato, porque ao tirar uma vida de uma pessoa boa, honesta e trabalhadora, ele fez chorar uma cidade inteira que hoje pede uma resolução para o caso. Estamos à mercê da criminalidade, pessoas de bem são assassinadas diariamente, e poucos são os culpados que pagam pelo mal que fazem à sociedade. Isso chega a ser revoltante”,enfatizando,durante o encerramento do Movimento “Queremos Justiça”,ao lado da Caraíba,no Centro da cidade de Felipe Guerra,numa amanhã não tão simples como de praxe.

Para o Professor Elias Góis, esteve fazendo uma reflexão perante aos professores, comunidade escolar e população ““ Pode se matar uma pessoa, mas não se mata uma ideia. E o exemplo que Alcivan foi de guerreiro, de lutar pelos seus direitos, hoje está sendo refletida aqui. Estamos imitando aquele bom exemplo dele. Então quando o semeador falece, suas sementes germinam. Que mais fruto possa aparecer pelo trabalho daquele grande educador.


E que haja justiça contra esse criminoso que machucou toda uma cidade", ressaltou ele pedindo a sociedade felipense para que o caso não venha cair no esquecimento e que as autoridades e órgãos competentes possam apurar o desaparecimento do Professor Alcivan Medeiros,dando respostas concretas há milhares de pessoas,sejam de Felipe Guerra,Mossoró,Santana do Matos ou de outras cidades do estado do Rio Grande do Norte ou no Brasil,que tinha o Professor Alcivan Medeiros como um cidadão exemplar e admirado pelo seu brilhantismo.Fotos:Márcio Costa/Divulgação

farol marcas e patentes

Comentários

Os Comentários publicados, são de inteira responsabilidade de quem está comentando por perfil no facebook, não representa o autor nem o blog, isenta totalmente a opinião do autor deste Blog.

Instagram